segunda-feira, 25 de maio de 2015

"Porque Nunca Serei Muçulmano"


Com todo o respeito pelos muçulmanos pacíficos que possam eventualmente existir, eu nunca serei muçulmano desde logo por uma razão básica: é que a penalização para quem deixa de o ser é a decapitação. E acho isso um bocadinho aborrecido. Depois, porque o mandamento Corânico de decapitar e escravizar os infiéis todos, também não é muito cá do meu agrado. Não preciso de mais razões. Mas isso sou eu, que sou um tipo preconceituoso e burro, nada moderno, e não sei aceitar as diferenças. Este blogger cristão tem muitas outras razões:

1 comentário:

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.