quarta-feira, 13 de maio de 2015

A Invasão que eles escondem - 3

 "Muçulmanos na Europa", um documentário permanentemente deitado abaixo pelo lóbi fascista-islamista:


 

Esta é a semana da grande lavagem ao cérebro. Atónitos, mas já sem capacidade de indignação, os europeus tomam  conhecimento de que a União Europeia os obrigará a abrigar nos seus países mais e mais colonos islâmicos.
A extrema-esquerda, os muçulmanos e os nazis (três aliados tradicionais), esfregam as mãos. A Civilização Ocidental está quase derrotada!
Esta é a semana em que traduzimos este artigo de Guillaume Faye.

A Invasão que eles escondem - 1

A Invasão que eles escondem - 2





 Os números escandalosos da invasão.


A Invasão da Europa pelo Mediterrâneo - o que fazer
Artigo de  Guillaume Faye

A bomba de sucção: o Frontex e os centros de acolhimento
Até 21 de Abril, 70.821 imigrantes foram alojados e alimentados em 1670 centros de acolhimento italianos, completamente lotados. Em 2014, o alojamento dos muçulmanos que entraram ilegalmente na Europa custou € 800.000.000 ao Estado italiano, incluindo 45 milhões pagos pela União Europeia.
Em 2015, o valor será multiplicado por, pelo menos, 3.
A Operação "Mare Nostrum" da Marinha italiana, que resgatou 180 mil imigrantes no mar, entre Outubro de 2013 e Novembro de 2014, custou € 9.000.000 por mês, um número que vem aumentando constantemente. Ao todo, as duas operações e Triton e Mare Nostrum, de "protecção" naval das costas do sul da Europa - que são na verdade operações de colecta pessoas - custou 12,2 milhões de euros por mês.
Estes programas, Triton Mare e Nostrum (Frontex) representam uma enorme despesa em frotas e aviões europeus - incluindo islandeses - não para dissuadir as partidas da costa líbia ou de outros lugares, não para defender as costas da Europa, mas para auxiliar os barcos sobrelotados com pessoas que migram para o sul da Europa.
Estas operações de socorro, podemos dizer, são verdadeiras bombas de aspiração que trazem para a Europa o caos que reina na Líbia e noutros países africanos. O Frontex e, em geral, a política europeia de "protecção" das fronteiras contribui para aumentar o fluxo explosivo de imigração ilegal. 

 CONTINUA
"Bosa! Bosa!" - dialecto africano que significa "Vitória! Vitória!". Os colonos islâmicos gritam de alegria. A invasão islâmica pelo sul de Espanha já se faz às claras, com as forças policiais paralisadas pelo politicamente correcto.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.