quinta-feira, 30 de abril de 2015

Islão - Braço Armado da Revolução


A Esquerda entregou a Europa aos bárbaros. Estes são alguns dos simpáticos "refugiados" do gangue muçulmano de violadores de Rotherham. No Paquistão e em outros paraísos islâmicos, é considerado "normal" violar crianças.
Todas as atrocidades que os muçulmanos cometem no Mundo Livre são branqueadas pela Imprensa. Se não pode evitar dar a notícia, a Imprensa "séria" oculta o mobile (a ideologia islâmica) e a origem dos criminosos.

Agora a moda, por mais uma semana ou duas, é a dos "barcos da morte" no Mediterrâneo. A "Grande Imprensa" explora o drama com a parcialidade e a agenda habituais, e a opinião pública vai sentir-se culpada durante um bocadinho, como convém. É essencial para a agenda do marxismo cultural que a opinião pública se sinta culpada. 

Com a lucidez e pontaria habituais, o nosso blogue amigo «LURA DO GRILO», desmonta a farsa mediática em duas penadas:

Aluvião

Ainda não vi ...


O que importa à extrema-esquerda é abrir ainda mais as portas da Europa à invasão islâmica, para acelerar o declínio da nossa Civilização e apressar a chegada dos amanhãs que cantam Se hoje em dia os trábálhádores, pá, já não vão nas cantigas da propaganda comunista, então que sejam os islamistas a demolir isto tudo! 


O comunista Francisco Louçã, radiante, com a malta, em manifestação de apoio ao terrorismo islâmico, no passado Verão. Quanto pior, melhor!

Que venham a Venezuela e a Coreia do Norte! Quanto pior para o povo, melhor para os comunistas! O Comunismo prospera no caos e na revolta.

E cada comunista sonha secretamente ser um comissário do Partido, quando a Revolução vier. O ódio dos comunistas ao Capitalismo não é compaixão para com os explorados. É inveja dos exploradores. Nenhum comunista deseja trabalhar no duro, cavar, varrer ruas, assentar tijolo, viver com a miserável ração mensal que o Partido concede. Cada comunista sonha tomar um lugar de chefia - o mesmo lugar que hoje inveja!

A EXTREMA-ESQUERDA SACRIFICA AS NOSSAS CRIANÇAS


Há 4 milénios, os cananeus sacrificavam as suas crianças ao deus Moloch. Hoje, a Esquerda sacrifica as nossas crianças ao deus Marx. Os gangues de violadores, terroristas e assassinos jihadistas aqui na Europa são tolerados e acarinhados pela extrema-esquerda. São o braço armado da Revolução. Os fins justificam os meios!

As vítimas cristãs, yazidis, curdas e não muçulmanas em geral, do ISIS e de outros bandos jihadistas, são também completamente ignoradas pela extrema-esquerda. A extrema-esquerda não tem coração. Só lhe importa demolir a democracia e estabelecer a ditadura comunista. A extrema-esquerda alimenta-se exclusivamente de ódio e inveja. E domina os media e as Universidades, para nossa desgraça. Domina TUDO (ou quase).
MAS ISSO AGORA NÃO INTERESSA NADA!

  
Manipuladas pelos media, as mesmas almas condoídas que enchem os seus murais do Facebook de fotos dos mortos muçulmanos no Mediterrâneo, estão-se completamente nas tintas para as centenas de milhar de crianças sacrificadas pelos jihadistas!
 
Quando a "Grande Imprensa" resolver dar notícias do Holocausto que o Islão está a realizar no Médio Oriente (como sempre fez na sua História), então, talvez acordem. Como não é a "Grande Imprensa" a revelar o que lá se passa, para os bem-pensantes está tudo bem!

- Se fosse a SIC ou a TVE a mostrar, seria motivo de preocupação. Como é o CATHOLIC ONLINE que mostra o horror em Mosul, os sacrifícios humanos de crianças, as decapitações colectivas de crianças, as crianças forçadas a testemunhar o assassínio dos pais e depois tornadas escravas sexuais e bombas humanas, isso não interessa nada!  
  
- Se fosse a TVI ou a BBC a mostrar as crianças cristãs decapitadas, crucificadas, enterradas vivas, sujeitas a atrocidades sem nome, talvez a opinião pública se sensibilizasse um bocadinho, apesar da religião das vítimas. Como é o Mail Online, não interessa nada!

- A este menino foi dado escolher combater pelos terroristas ou fazer-se explodir pelos terroristas:



 Mas não interessa nada!

- Se fosse o Al-Público ou a France TV a informar sobre as quatro crianças esfomeadas a quem os jihadistas cortaram as mãos por terem "roubado" comida e um brinquedo, seria grave. Sendo por exemplo o Jews Facts, ou o Christian Post, não interessa nada!

AINDA SE FOSSE POSSÍVEL CULPAR ISRAEL...

A perseguição e o genocídio dos «infiéis» no Médio Oriente às mãos do Estado Islâmico não interessa nada! Ainda se fosse possível culpar Israel...

Não postamos as imagens mais chocantes e deprimentes do que acima descrevemos (e que é apenas uma amostra), mas pode seguir as hiperligações. E consultar os sites da barra lateral O TERRORISMO GLOBAL. Poderíamos estar aqui todos os dias da nossa vida, que não conseguiríamos cobrir nem uma pequena parte das atrocidades da presente Guerra Mundial que o Ocidente bem-pensante teima em ignorar. Mas assim como assim... não interessa nada!


E... vamos lá assinar!

Contra a construção de mais uma mesquita em Lisboa




P.S. - Para quem duvida que a extrema-esquerda controla os media:

Israel tem no Nepal o maior contingente de ajuda às vítimas da recente catástrofe sísmica. As associações judaicas no Nepal estão a prestar todo o apoio possível, sem olharem a esforços. Mas a Imprensa consegue arranjar defeitos: O Diário de Notícias "acusa" Israel de dar prioridade no resgate a bebés e mulheres na fase final da gravidez. Nem o Hitler era capaz de se lembrar de uma destas! Abaixo de MISERÁVEL!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.