quinta-feira, 21 de maio de 2015

"SARGENTO DE BAIXA PSIQUIÁTRICA MATA COM ARMA ISRAELITA POR UMA BOLA DE BERLIM"


Israel duplamente culpado!

EXTRA! EXTRA! Agora mesmo, acabamos de tomar conhecimento da manchete do CORREIO DA MAHÃ, que é a que dá o nome a este post.

O caso é este, e  nós aproveitamos para informar o CORREIO DA MANHÃ que a "Bola de Berlim", é, na realidade, uma especialidade judaica, que se come na festa de Hanukah! Sério!

Aguardamos reunião do Conselho de Segurança da ONU, inquérito e sanções!


 RECEITA


Sufganya (Sonho) para Hanukah

Navegue pelo blog Culinária Rechevot e conheça algumas receitas da culinária judaica que você pode preparar para você e sua família.
Hanukah é uma tradicional festa judaica. Relembra a vitória dos macabeus contra a dominação grega de Antíoco Epifânio em 167 AC. É conhecida como Festa da Dedicação ou Festa das Luzes e rememora o milagre do óleo, na rededicação do Templo Sagrado de Jerusalém. Só havia óleo suficiente para a menorá para um dia, mas ele durou oito; tempo suficiente para que enviados fossem à cidade onde era produzido para trazer mais. Este é um momento de celebração. Mais do que pedir por milagres, agradecer por aqueles que o Eterno faz por nós, todos os dias, sem que tenhamos pedido. Celebramos comendo alimentos feitos em óleo. Vamos experimentar essa receita diferente?

INGREDIENTES PARA A MASSA
1/2 xícara (chá) de leite
1/3 de xícara (chá) de açúcar
1 colher (chá) de sal
1/3 de xícara (chá) de manteiga
2 tabletes (30g) de fermento para pão esmigalhados
1/2 xícara (chá) de água morna
3 gemas
3 e 3/4 de xícara (chá) de farinha de trigo (peneirada antes de medir)
óleo para fritar
RECHEIO
Goiabada em barra
Requeijão em barra
1 clara de ovo para pincelar
1/4 de xícara (chá) de açúcar para polpilhar
MODO DE PREPARO
1. Aqueça o leite até começar a aparecer bolinhas ao redor da panela.
2. Retire do fogo, junte o açúcar, o sal e a manteiga. Mexa até a manteiga derreter e amornar.
3. Numa tigela, polvilhe o fermento sobre a água morna e mexa até dissolver bem.
4. Junte as gemas, 2 xícaras de farinha de trigo a mistura do leite. Bata na batedeira por 2 minutos, em velocidade média.
5. Aos poucos, acrescente o restante da farinha, batendo sempre com uma colher de pau, até obter uma massa homogênea e leve.
6. Cubra com um pano e deixe crescer por uma hora em lugar protegido (por exemplo, no forno desligado).
7. Depois, coloque a massa em uma superfície lisa, polvilhada com farinha e amasse rapidamente até que fique lisa.
8. Abra-a com um rolo, deixando-a com uma espessura de 0,5 cm e corte discos com um cortador de biscoitos de 7 centímetros de diâmetro.
9. Coloque um quadradinho de goiabada e um de requeijão no centro do disco de massa.
10. Pincele a lateral com a clara e cubra com outro disco de massa. Feche bem, apertando as beiradas. Deixe crescer por meia hora.
11. Coloque 4 centímetros de óleo numa frigideira pequena de borda alta. Aqueça em fogo baixo e frite um sonho de cada vez, virando-o com uma escumadeira, para que fique dourado por igual.
12. Deixe escorrer em papel toalha e polvilhe com açúcar. Sirva bem quentinho.
OUTROS RECHEIOS
Chocolate, doce de leite (como os da foto) ou creme de confeiteiro.
CREME DE CONFEITEIRO
1 lata de leite condensado
500ml de leite
3 gemas
3 colheres de amido de milho
1 colher (sopa) de essência de baunilha
1 lata de creme de leite
Bata todos os ingredientes (menos o creme de leite) no liquidificador. Em uma panela, mexa em fogo baixo até engrossar. É possível que se formem caroços, continue mexendo com bastante vigor. Assim que terminar de engrossar, retire da panela e coloque em uma tigela junto com o creme de leite sem soro. Bata na batedeira em velocidade média por 2 minutos. Use para rechear os sonhos ou bolos de sua preferência.

Sugestão para servir: Ponha numa travessa, dispare várias vezes sobre os doces com uma pistola israelita, e chame o CORREIO DA MANHÃ.

2 comentários:

  1. Uma terrível conspiração sionista: matam com a bola de berlin (devia ser nazi) e com armas! Há cada cabrão a escrever notícias ...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já me ri a bom rir com a sua objectividade :-) É isso mesmo, amigo, não me parece que haja outra explicação.

      Abraço,

      Josta Jota

      Eliminar

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.