terça-feira, 21 de outubro de 2014

Rindo da Jihad Sexual na Europa - 2

Conclusão de
 


Em grande parte de África persiste a superstição de que estuprando uma criança se cura o S.I.D.A.. A imigração africana na Europa está a vitimar agora as nossas crianças. O politicamente correcto manda ignorar esta REALIDADE. As vítimas, como sempre, podem esperar...


  Continuação da tradução do artigo de The Muslim Issue:

As estatísticas de estupro da Suécia tornaram-se incontroláveis na sequência da persistente importação de muçulmanos por parte do Governo. O nosso relatório de Outubro 2013 revelou que os muçulmanos tinham violentamente estuprado 300 crianças suecas e 700 mulheres suecas, num curto espaço de sete meses, em 2013 O governo não fez nada para resolver o problema. Em resposta à esquerda fascista extrema-socialista exigiu a importação de ainda mais muçulmanos!

A Suécia agora tem o segundo maior número de estupros no Mundo, depois da África do Sul, (...). As estatísticas sugerem agora que 1 em cada 4 mulheres suecas será violada. Este problema nunca teria esta gravidade se o governo sueco não estivesse a importar centenas de milhar de terroristas, espancadores de mulheres, estupradores de crianças e muçulmanos que odeiam mulheres.

Se você já se perguntou como é que um país supostamente educado se pode afundar assim, este é o fruto da mentalidade socialista induzida na psique sueca.


Um leitor sueco enviou-nos este link.




Ouça a ex-comissária da União Europeia, Margot Wallström, rir das mulheres e das crianças suecas que estão a ser brutalmente estupradas por criminosos imigrantes muçulmanos. 
Estes são criminosos que os inúteis burocratas de Bruxelas  importam para a UE e para o país. Nesta entrevista de rádio realizada em 23 de Março de 2014, você pode ouvir Wallström banalizar o estupro do seu povo, ao minuto 10:13  da transmissão. Este é o tipo de pessoas que determinam o cenário político de hoje. Infelizmente não temos uma transcrição da entrevista na íntegra.

"- Ahhh bem, isso é um bocado ... isso parece-me uma loucura completa. Não me parece possível... [risos]. Bem, eu não sei de onde é que esses números [de estupro] vêm ".
É desta forma vergonhosa que Margot Wallström, representante da Suécia na União Europeia e na ONU, reage às estatísticas de estupro muçulmano do Conselho de Prevenção da Criminalidade Nacional da Suécia.


 Margot Wallström acha a onda de estupro islâmico divertida
 
Os dados são do Conselho Nacional de Prevenção da Criminalidade (BRA), relatório de 1996: página 2 de 107. dados mais actuais que são muito mais chocantes,. O que dirá Wallström sobre eles, se ela nem sequer se preocupou em ler as estatísticas de 1996?

Mas, quando se fala de estupro em outros países, Wallström não tem nenhum problema em associar as ondas de estupro muçulmanas na Síria e a Primavera Árabe, como "uma ferramenta para busca de poder e domínio através da difusão do medo". Como é que ela é incapaz de conectar os pontos no seu próprio país, especialmente quando os autores têm o mesmo fundo e usam as mesmas ferramentas sobre o seu próprio povo?



Quando os muçulmanos estupram mulheres e crianças na Suécia, a extrema esquerda culpa os factores sociais e pinta os criminosos brutais como vítimas, às vezes até culpa as vítimas, mesmo que os muçulmanos não sejam mais pobres do que os suecos na mesma classe social, os quais nem por isso passam o seu tempo a estuprar pessoas.
Quão doentes são estes socialistas esquerdistas radicais fascistas ???!


Um cartaz que, em muitos meios, é considerado «racista»: "EU RECUSO-ME A SER ESTUPRADA E MORTA PELOS MUÇULMANOS, SÓ PARA PROVAR O QUÃO TOLERANTE SOU".

- Na opinião da nossa esquerda mais lunática, as nossas crianças e as nossas mulheres devem estar à disposição dos muçulmanos para esses e outros fins. Para o que eles entendam. A lavagem ao cérebro no Marxismo cultural, dita que «nós» somos culpados pelos males todos do mundo, que «nós» somos os únicos que não temos uma «cultura», e que as «culturas» propriamente ditas têm o pleno direito de fazer de nós o que bem lhes apeteça.

Confusas noções históricas sobre colonialismo e etnocentrismo acotovelam-se na acanhada mente esquerdopata, e o resultado é este. TRÁGICO! Pode bem ser o fim da nossa Civilização e dos nossos povos.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.