domingo, 18 de outubro de 2015

Terroristas - o melhor de dois mundos


Danon deixou cair uma bomba de VERDADE no Conselho de Segurança da ONU quando divulgou o guia de instruções "palestino" intitulado "Como Esfaquear Um Judeu"!

O novo embaixador de Israel na ONU, Danny Danon, deu uma conferência de imprensa durante a qual denunciou o incitamento 'palestino'. Danon acusou Abbas e a liderança "palestina" de "sujeitarem os seus filhos a lavagem cerebral com incitamento e ódio."
Enquanto a ONU permanece silenciosa, civis israelitas, incluindo crianças, estão a ser esfaqueados, bombardeados, atropelados, apedrejados e mortos. É o que a ONU quer!


 Matar e ver morrer judeus, a razão de viver de 1/4 da Humanidade - pelo menos!

Antes de mais, o nosso agradecimento aos que, como nós, têm insistido com os media e com os políticos para que não sejam cínicos e reconheçam que os judeus também são gente. Se nada fazem por Israel e pelo seu povo nativo, pelo menos que se moderem a culpar as vítimas e a glorificar os assassinos! Tenham um pouco de VERGONHA NA CARA!



"Se houvesse alguém com uma faca nas ruas em Lisboa, o que faziam?


Entrevista da Embaixadora de Israel em Portugal ao DN. Se puder, deixe lá um comentário de apoio, para compensar a chuva de alarvidades comunistas e neo-nazis.


Os órfãos israelitas e os festejos dos bárbaros. NENHUM outro país no Mundo, jamais, suportou uma horda de estrangeiros assassinos dentro do seu território! Muito menos a difamação global, que culpa as vítimas pelos actos dos assassinos!

Nas duas últimas semanas, temos divulgado alguns vídeos da onda de terrorismo islâmico com que os colonos muçulmanos estão a castigar os nativos em Israel. Poderíamos ter divulgado dezenas, centenas mais. Quem saiba navegar na Internet, pode dar uma vista de olhos pelos canais youtube e pelos sites que divulgam notícias e vídeos sobre o que se passa em Israel.

Este dois canais do Youtube, por exemplo, dedicam-se a divulgar vídeos dos colonos muçulmanos a assassinarem judeus:

Palestina Livre

Palestinians Killing Jews

Grupos de Facebook como estes, fazem a cobertura possível da onda de terrorismo islamista em Israel:

A dificuldade está apenas na escolha. Vamos a postar um vídeo, mas vemos dezenas de outros. Que critério usar? Os media mostram apenas a reacção das forças de segurança de Israel.

Acresce que os muçulmanos são 25% da Humanidade, e sistematicamente denunciam os vídeos na Internet, alegando que são "violentos". Nós divulgamos aqui um vídeo, passadas umas horas, os protestos de milhões de muçulmanos deitam-no abaixo.  

Por um lado, regozijam-se com a matança de judeus. Por outro, dizem ao Mundo que eles é que estão a ser atacados, quando Israel responde!

Algumas notícias últimos dias, sublinhando que isto é uma pequena amostra do que se tem passado, servindo para dar uma pincelada da realidade em Israel e para motivar os nossos amigos a buscarem mais informação:

Adelle Banita, foi tratada no Hospital Hadassah e já se reuniu com a sua filha de dois anos de idade, que sofreu um ferimento de bala na perna direita. O marido, Aharon Banita, foi assassinado no mesmo ataque que vitimou o rabino Nechemia Lavie




A intervenção do rabino evitou que o terrorista Muhannad Halabi (ver post anterior), matasse mais inocentes. Este ataque deixou 8 filhos sem pai.

Os terroristas que assassinaram Eitam e Naama Henki em frente aos filhos do casal, foram capturados pelas Forças de Defesa de Israel (OBRIGADO, IDF!). Os quatro filhos ainda crianças, escaparam à morte porque um dos terroristas foi ferido acidentalmente, precipitando a fuga:


Milhares de pessoas estiveram presentes no funeral do casal:


Um dos filhos do casal assassinado diz a prece fúnebre pelos seus pais:



Netanyahu prometeu fazer face à onda de terrorismo, mas os media e os políticos do Mundo continuam a censurar Israel, fazendo de conta que os ataques terroristas não existem: 





Enquanto os jornaleiros e os politiqueiros impingem aos ocidentais uma falsa igualdade moral entre os terroristas e as vítimas, as forças que no Ocidente têm fama de "moderadas" continuam a incitar ao extermínio dos judeus e ao regresso dos ataque suicidas:



Esta terrorista foi abatida pela Polícia:




A Amnistia Internacional e outras forças da extrema-esquerda (que se rebolam de gozo quando os judeus são assassinados), têm reagido com "indignação" quando os terroristas se suicidam. Exactamente: quando se suicidam. Quando você está a matar pessoas na via pública, armado, e a Polícia o avisa para largar a arma e você insiste em não largar e continua a matar, está a cometer suicídio.

Os terroristas islâmicos obtêm assim o melhor de dois mundos: matam judeus, que é a sua única razão de viver, e quando chega a Polícia fazem-se matar, para irem para ter com o Alá ao paraíso dos terroristas.


APOIE ISRAEL! APOIE O BEM CONTRA O MAL! 



 Hino Nacional em coro, a resposta israelita a mais um ataque terrorista:


Equidade moral entre os israelitas e os terroristas é como equidade moral entre os nazis e os que morreram nas câmaras de gás!

2 comentários:

  1. Algures li uma notícia sobre os recentes acontecimentos no Túmulo de José. Eu pessoalmente tenho as mesmas dúvidas que o nome corresponda à autenticidade histórica, mas isso não me preocupa, basta-me entender o sentido simbólico do monumento. Mas intitula-se a notícia: "Dúzias de Judeus entram ilegalmente no santuário incendiado na Margem Ocidental". Francamente, se não houvesse em jogo a perda de sangue e vidas que ocorre, isto era melhor que telenovela venezuelana. Ridículo!

    A minha reacção nos comentários foi: "And how many Muslims torched the shrine legally?" - "E quantos Muçulmanos incendiaram legalmente o santuário?"

    É preciso fazer força para não sair dos noticiários, que as atenções estão todas voltadas para o tal "Estado Islâmico", com russos, americanos, iranianos, sírios, sírios, iraquianos, etc. tudo metido ao barulho e ainda não acabou. Por isso é preciso fazer mais barulho. Toca a esfaquear!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Parece-me que estamos no Fim dos Tempos! Os tipos incendiaram o suposto Túmulo de José e a culpa é dos judeus! My Goodness!

      Eliminar

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.