sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Euronews - Goebbels não faria melhor!

http://www.theisraelproject.org/projects/

Naama e Eitam Henkin, Nehemia Lavi e Aharon Banito foram assassinados por terroristas árabes. Chovem condenações contra... ISRAEL!  Faça ouvir a sua voz. Proteste. Espalhe a VERDADE! 



Mais um vídeo da "Autoridade Palestina" incitando ao assassínio de judeus. Os terroristas do caso que vos trazemos neste post foram apedrejar carros para matar os seus ocupantes, o que muitas vezes conseguem.
QUE OUTRO PAÍS NO MUNDO ADMITIRIA ISTO? QUE OUTRO BANDO NO MUNDO FAZ ISTO E GOZA DOS FAVORES DA IMPRENSA (PAGA COM OS MILHÕES DO PETRÓLEO ÁRABE)?

Hora a hora, cresce a onda de terrorismo islâmico em Israel. Enquanto os israelitas eram assassinados, a Imprensa e as lideranças políticas globais nada disseram. Estava tudo bem... Quando Israel começou a DEFENDER-SE, começou a campanha de condenação e difamação de Israel.

Um exemplo dentre muitos:

Muitas agências de notícias exibiram um vídeo colhido perto de Ramallah, mostrando agentes secretos israelitas disfarçados de árabes, infiltrando uma multidão de atiradores de pedras "palestinos". Os agentes impediram com sucesso a manifestação e fizeram uma série de detenções.



Luke Baker nutre um ódio doentio pelos judeus e por Israel.  É o presidente da Associação da Imprensa Estrangeira em Israel. Que imparcialidade pode o país esperar de cripto-nazis como este? É das "noticias" de pessoas como esta que os nossos noticiários e jornais se alimentam.

Luke Bakeé o chefe da agência noticiosa Reuters em Israel, e o presidente da Associação da Imprensa Estrangeira (!!!). É um antissemita e pró-terrorista raivoso, que não hesita em mentir por todas as formas ao seu alcance. Cheio de raiva pelo êxito da acção policial israelita, declarou no seu twitter que "agentes da Polícia israelita disfarçados incitaram o atirar de pedras em Jerusalém".

LUKE BAKER FICOU MUITO ZANGADO PORQUE OS SEUS CAMARADAS TERRORISTAS FORAM PRESOS.

Polícias disfarçados prenderam os terroristas.


Antissemitas de todo o Mundo tomaram a informação de Luke Baker como fiável (se bem que isso pouco lhes interesse) e apressaram-se a amplificar o boato, alegando que a onda de ataques terroristas decorrer em Israel e a vitimar israelitas é da responsabilidade... dos israelitas!

"@LukeReuters @MLKstudios conspiracy & false flag is Zionist speciality" - O exemplo de um dos twitters que têm circulado, alegando que os ataques terroristas são uma manobra conspiratória e que são cometidos por... israelitas!
Alguns meios de comunicação, tais como a incuravelmente antissemita Euro News bateram palmas à calúnia de Luke Baker e anunciaram nos seus títulos:

"Um correspondente da agência de notícias Reuters disse que observou agentes secretos israelitas disfarçados de jovens palestinos a "incitá-los" a atirar pedras em Ramallah".

Título da Euronews. Joseph Goebbels não faria melhor!


O Mundo lê isto, vê isto na TV, e não duvida. "Os judeus em Israel estão a matar judeus e culpam os pobres colonos árabes", é o que o público é levado a pensar.

Infelizmente para o cripto-nazi Luke Baker, Andrea Bernardi da AFP, que registou as imagens do incidente, também escreveu no seu blog o que viu. A descrição inclui o seguinte:

"Os agentes chegaram depois dos confrontos terem começado, e misturaram-se com os  manifestantes por algum tempo, antes de se darem a conhecer."

Os agentes chegaram disfarçados de terroristas. 

Portanto, os confrontos já tinham começado, e terroristas já estavam a atirar pedras contra a Polícia israelita antes de os agentes disfarçados chegarem. Como, então, poderiam eles ter "incitado" os apedrejamentos?

Luke Baker foi apanhado, mas mentir é a profissão dele. Para todo o sempre, o que se dirá nos meios antissemitas foi o que ele escreveu.


AS FILMAGENS DESMENTEM O CRIPTO-NAZI LUKE BAKER:



Na sua página de Facebook, o Coronel Peter Learner, das Forças de Defesa de Israel, publicou o vídeo e a seguinte declaração:
Um esfaqueamento em Jerusalém, um esfaqueamento em Kiryat Gat, um esfaqueamento em Petah Tikva, uma tentativa de linchamento em Tekoa, um carro que abalroou um posto de controlo.

Os terroristas estão em crescendo. Deixo-vos com estes 17 segundos da 'Duvdevan', a nossa unidade de forças especiais, que prendeu três "palestinos" que, juntamente com uma multidão de cerca de 300, estavam a atacar qualquer pessoa que circulasse na estrada principal para Jerusalém.
Estas Forças Especiais, um pequeno e selecto grupo de homens, misturaram-se com a multidão disfarçados de "palestinos". Nos poucos segundos que durou a sua missão, causaram o alarme e dispersaram os desordeiros. Estes são homens corajosos e ousados que se põem em risco para defender o próximo. Duas palavras - MUITO OBRIGADO!

É esta postura corajosa e abnegada, este amor ao Bem, que estes homens demonstram,  que irrita soberanamente espíritos ressabiados, cobardes e maléficos como o Luke Baker, o Farinha, o Lobitinho, a Brigada das Mártires da Mesquita do Al-Público, a Marisa Matias, o Chico Louçã, toda a extrema-esquerda, os neonazis e os islamistas.  


Este cartaz é um exemplo da propaganda dos colonos muçulmanos.


É este o tipo de ideologia que faz vibrar os espíritos cobardes e maléficos, como os supracitados.

Os maus invejam os bons, como os consumidores de drogas desprezam os sóbrios, os gatunos odeiam a Polícia, os promíscuos ardem de ciúmes dos fiéis, os corruptos detestam os honestos, os porcalhões abominam os higiénicos, etc., etc..

FORÇA, ISRAEL!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.