domingo, 23 de agosto de 2015

Israel elimina terroristas sírio-iranianos


Os bonzinhos estão em estado de choque! Não lhes interessam as centenas de vítimas inocentes diárias do chamado Islão radical. As lágrimas só lhes saltam quando Israel abate terroristas.

As Forças de Defesa de Israel (IDF) atacaram e destruíram uma célula terrorista da Jihad Islâmica que havia disparado quatro mísseis contra o norte de Israel, a partir da Síria. Na sexta-feira, Israel eliminou vários terroristas na Síria, incluindo Mohsan Issa, um coronel sírio, juntamente com os seus assessores. O IDF informou que a célula foi "atingida a 10 a 15 quilómetros da fronteira, em território sob o controle total do exército sírio", e que essa célula terrorista era "dirigida pelo Irão".

O Ministro da Defesa de Israel, Moshe Ya'alon, advertiu os terroristas que "aqueles que pretendem atacar Israel, que fiquem a saber que o IDF e o sistema de segurança irão persegui-los até o fim." 




Não nos congratulamos com a morte de ninguém, mas também não choramos os terroristas assassinos de crianças, como os que as Forças de Defesa de Israel abatem. Ao contrário do que defendem certas doutrinas e certas pessoas, não achamos que seja uma atitude meritória que um povo, uma família ou um indivíduo se deixem massacrar sem dar resposta. É dever de todo o ser humano defender-se das forças do Mal e proteger os seus semelhantes.



Avião "mau", israelita, ataca terroristas bonzinhos.

No dia 16 de Agosto o IDF divulgou o vídeo abaixo, mostrando a Força Aérea a disparar e abater quatro terroristas apoiados pelo Irão, que se infiltraram em Israel vindos da Síria e plantaram explosivos.

São estes os "crimes de guerra" de Israel: matar terroristas que matam as crianças israelitas. Uma Imprensa hostil a Israel e uma ONU dominada pelas ditaduras islâmicas e comunistas, ardem em ódio quando Israel se defende...


Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.