terça-feira, 20 de janeiro de 2015

ASSINE A PETIÇÃO CONTRA O TERRORISMO ISLÂMICO

É voz corrente que as estatísticas indicam que 999 em cada 1000 cidadãos do Mundo Livre apoiam o bando terrorista islâmico e nazi Hamas, e outros grupos terroristas que diariamente atacam Israel, escolhendo crianças prioritariamente como alvos, e sacrificando as suas próprias crianças como bombistas suicidas.

Mesmo quando confrontados com o mesmo problema que Israel (o colonialismo, supremacismo e terrorismo islâmicos), os ocidentais são quase todos contra Israel e pelos terroristas. Seja você uma excepção.



 999 em cada mil ocidentais apoiam o terrorismo islâmico-nazi contra Israel

Aqui, no Mundo Livre, os muçulmanos estão a ganhar a guerra demográfica que nos declararam, e a espalhar o crime e o terrorismo pelas nossas cidades. Todos os dias, desde 11 de Setembro de 2001, há morticínio e horror promovidos pela jihad islâmica. Milhares de mortos todas as semanas, em todo o Mundo, em nome da Religião da Paz - confira as estatísticas no site The Religion of Peace.

Para combatermos o terrorismo e a ideologia islamista (que é ainda mais nefasta que o Nazismo e o Comunismo, conforme podemos constatar na História do Islão, nos textos islâmicos e no Holocausto diário de «infiéis»), apelamos à cidadania.

Pressionemos os nossos incompetentes e timoratos políticos a actuarem, antes que a guerra civil seja inevitável. A nossa luta é a mesma que a de Israel. Com 10% de muçulmanos, a França já está na mesma situação que Israel, que tem a mesma percentagem. E o resto da Europa vai pelo mesmo caminho.

Por isso, e antes que seja tarde, tome parte na luta pacífica e democrática pela salvação da nossa Civilização:

ASSINE A PETIÇÃO CONTRA O TERRORISMO ISLÂMICO

A United With Israel está a promover este petição, dirigida a Obama e aos líderes do Mundo Livre. Temos um inimigo comum. E ainda vamos a tempo de o neutralizarmos.


Foi vergonhoso que, após os massacres brutais em França, altos funcionários norte-americanos optassem por não participar no comício anti-terror em Paris.

Nem o presidente Obama, nem o vice-presidente Biden, nem o secretário de Estado Kerry estiveram presentes.

O Procurador Geral dos EUA, Eric Holder, esteve em Paris para uma "cimeira sobre o terrorismo" e não se juntou líderes mundiais de Israel, Alemanha, Grã-Bretanha e Espanha. Quarenta chefes de Estado participaram na reunião, mas não os Estados Unidos.

Mesmo o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, esteve presente...

Assine a petição ao presidente Obama: Unidos Contra o Terror Islâmico!

Sob pressão, a Casa Branca finalmente admitiu culpa por não ter enviado quaisquer funcionários ao comício anti-terror.

O Senador americano Ted Cruz criticou duramente o presidente Obama e disse que "nunca devemos hesitar em estar com os nossos aliados ... nunca devemos hesitar em dizer a verdade."
 
Os canibais do Estado Islâmico (ISIS) estão a levar a cabo o maior genocídio da História. As vítimas mais numerosas das atrocidades e do extermínio são os cristãos. O Ocidente está em letargia.

Tanto o Estado Islâmico (ISIS) como o Hamas elogiaram os terroristas chamando-lhes "mártires" e "heróis".

Israel lida com terror islâmico diariamente.


Israel sabe que não podemos esperar que extremistas como o Hamas e o Irão se juntem à luta contra o ISIS. Eles são o problema - não a solução.

Israel entende a importância da união contra o terrorismo islâmico.

Pedimos-lhe que assine a petição para exigir que o presidente Obama e os líderes mundiais se unam neste esforço. Devemos unir-
nos contra o terrorismo islâmico.

Não poderemos derrotar o Estado Islâmico, a menos que rejeitemos todas as formas de terror islâmico.

Devemos dizer aos nossos líderes para combaterem o ISIS com aliados fiáveis, como Israel e outras nações comprometidas com a liberdade para todos os povos.

Sob os auspícios do Ocidente, o estado islâmico terrorista do Irão (onde se enforcam homossexuais para diversão pública e se pratica toda a sorte de atrocidades) vai a caminho da bomba atómica e ameaça destruir Israel e o Mundo Livre.

Hamas, Hezbollah, Irão, Síria e Al-Qaeda são o mesmo que o ISIS. São extremistas islâmicos que usam o terror e o assassinato para atingir os seus objetivos de domínio mundial sob estrita lei islâmica.

Devemos unir-
nos com os nossos amigos, não com os nossos inimigos.

ACONSELHAMOS que encaminhe esta mensagem para a sua família e amigos.

Com bênçãos de paz,

A família UNITED WITH ISRAEL

Assine a petição contra o terror islâmico


1 comentário:

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.