quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

A Fonte do Mal


  "Holocaustos há muitos!"   

 

Dizia ele. E sorria. E quando sorria, viam-se-lhe os dentes de vampiro.

 

"Cerca de 300 sobreviventes de Auschwitz regressaram esta terça-feira ao lugar onde viveram um dos piores horrores da História. Há precisamente 70 anos eram libertados os prisioneiros do maior e mais terrível campo de concentração nazi. A 27 de janeiro de 1945."

Auschwitz, 70 anos depois da libertação
27 Jan, 2015

"Um dos mais famosos sobreviventes de Auschwitz viu famílias inteiras serem queimadas a céu aberto no campo de concentração. A sua própria família foi exterminada. Hoje vive nos Estados Unidos e numa entrevista à correspondente Márcia Rodrigues, confessou que ainda hoje não sabe qual é a fonte do mal."

Sobrevivente de Auschwitz assistiu ao extermínio da família

RTP, MSN Notícias

Uma amostra do horror nazi, que contou com a prestimosa cooperação islâmica:



No Iraque a na Síria (para já), decorre um Holocausto. Agora mesmo, enquanto lê esta frase. Como judeus já não os há por lá, restam os cristãos como alvos preferenciais.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.