terça-feira, 11 de novembro de 2014

Porque temos medo

À simples menção da palavra «Islão», as pessoas encolhem-se de medo, e sentem uma compulsão absurda para ignorar e mascarar o que está à vista de todos*. 

É um medo entranhado no inconsciente colectivo. Como as crianças, os ocidentais vão fechando os olhos, como se o perigo dessa forma desaparecesse.Vão acreditando numa realidade alternativa. Preferem acreditar nas patranhas que o melífluo xeque Munir disse na TV, do que olhar para os FACTOS.

O Islão é hoje o que era no século VII: uma ideologia supremacista e bárbara, um culto de horror e morte. O Dr. Bill Warner explica porquê. Atrever-se-ão a encarar os FACTOS, os islamófilos do costume?

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.