terça-feira, 4 de novembro de 2014

Israel ataca (a fome)




Terá uma empresa israelita encontrado uma solução para global para a Fome?

Israel vem em socorro de quem precisa, mais uma vez! Uma empresa israelita desenvolveu uma solução para ajudar a Humanidade a dar um passo enorme no sentido de acabar com a fome global.
 
Uma empresa israelita pode ter desenvolvido mais uma  uma solução tecnológica para ajudar a combater a fome mundial, relata o Times of Israel. A Pimi Agro, uma empresa que desenvolve soluções ecológicas para o tratamento pré e pós-colheita de frutas e legumes, inventou um método que aumenta a sua longevidade. Utilizando peróxido de hidrogénio "com algumas adições importantes", frutas e legumes permanecem frescos ​​por até 10 semanas.

Foto: crianças famintas em África. 

Nas regiões do mundo onde o transporte é um problema e os produtos frescos não estão disponíveis, a "vida na prateleira" é tudo. Esta solução prolonga a "vida na prateleira" em 1.500 por cento.

Os dados mostram que entre um terço e metade de todos os alimentos produzidos hoje está condenado à
deterioração.  

Nimrod Ben-Yehuda (foto), CTO e co-fundador da Pimi, disse ao TOI: "Para países como a Índia, China e África, isto é excelente, especialmente porque os sistemas de transporte nessas áreas são lentos e a refrigeração é difícil."
 
Resultado de 15 anos de pesquisa

Esta solução inovadora não foi fácil de encontrar. Juntamente com pesquisadores do Instituto Technion e da Universidade Hebraica, a Pimi Agro desenvolveu a fórmula de preservação, que usa peróxido de hidrogénio estabilizado. A fórmula dissolve-se em água e oxigénio, não deixando nenhum resíduo químico.


Um jovem haredi ao lado de pilhas de batatas em Jerusalém. Foto: Matanya Tausig / Flash90, em Times of Israel.

A solução da Pimi Agro permite a supressão da actividade em vegetais armazenados, e controla as doenças relacionadas com o armazenamento, causadas por fungos, leveduras, vírus e bactérias.

"Não são produtos necessariamente orgânicos, mas são muito mais saudáveis ​​do que os produtos normais, para além de terem uma vida útil muito mais longa, porque os agricultores podem reduzir significativamente o uso de fungicidas
", disse Ben-Yehuda ao TOI.

Esta solução já recebeu o OK de vários países e está a ser testada por cadeias de comercialização de alimentos internacionais.
 
Que  problema global deve Israel atacar a seguir?

Autor: Aryeh Savir
 
Redacção de United With Israel

Tradução e destaques nossos. 

 O problema do desperdício de alimentos:

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.