domingo, 30 de novembro de 2014

Israel dá as boas vindas à chuva

Israel depende de chuvas de Inverno para regar a terra para o ano inteiro. O território é pequeno, mas de clima complexo, a água é muito pouca, e a produtividade das terras depende da chuva que caia agora. 
 Israel recebe a chuva de Novembro com alegria
Cá em Portugal, quando chove, dizemos que "está mau tempo", com resignação, porque, afinal,"está na altura dela". Em Israel, a chegada da época das chuvas é saudada com muita alegria.
A par com o terrorismo, a  escassez de água é o problema mais difícil com que Israel tem que lidar. Praticamente não chove entre Abril e Novembro.
No ano passado, por esta altura, Israel estava a enfrentar um Novembro seco. Yona Metzger. Rabino Chefe de Israel (à direita), pediu à população para fazer uma oração especial, diariamente, pedindo a Deus chuva abundante. Todos os fiéis em Israel, comunidades e indivíduos, fizeram a oração.
Os israelitas não encaram a falta de chuva meramente como um evento científico divorciado do controle de Deus:
10 Porque a terra que entras a possuir não é como a terra do Egipto, donde saíste, em que semeavas a tua semente e a regavas com o teu pé, como a uma horta. 11 Mas a terra que passais a possuir é terra de montes e de vales; da chuva dos céus beberá as águas; 12 terra de que o Senhor, teu Deus, tem cuidado; os olhos do Senhor, teu Deus, estão sobre ela continuamente, desde o princípio até ao fim do ano.

Deuteronómio 11:10-12


Outono à beira-mar em Israel

O que quererá dizer o autor bíblico quando refere que no Egipto se plantava e se regava com o pé?

Trata-se de uma referência ao método de irrigação usado no Egipto Antigo. O rio Nilo era uma fonte de água durante todo o ano. Canais de irrigação eram escavados e a água contida por pequenas comportas. O agricultor decidia que áreas do seu campo precisavam de água e usava o pé para abrir essas pequenas portas, o que permitia um fluxo de água entre os canais de irrigação. A água era abundante e de fácil acesso.

Quedas de água perto da cidade de Metullah, norte de Israel

A terra de Israel não tem nenhuma grande fonte de água como o Egipto. É completamente dependente das chuvas. A água nunca mais esteve facilmente disponível para os israelitas desde a fuga do Egipto, o que se tornou expressão do relacionamento dos judeus com Deus. Os israelitas, pioneiros do monoteísmo, consideram-se inteiramente nas mãos de Deus, e a chegada da chuva, essencial à sua sobrevivência, lembra-lho.


Que seja um ano próspero para Israel

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.