quinta-feira, 17 de abril de 2014

Hoje a Síria, amanhã Israel, depois Portugal!

Polícia britânica identifica português a apelar para adesão à Al-Qaeda

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/internacional/mundo/policia-britanica-identifica-portugues-a-apelar-para-adesao-a-al-qaeda


Polícia britânica identifica português a apelar para adesão à Al-Qaeda

Na Síria, o terrorista da Al Qaeda, Celso Rodrigues da Costa, apela à guerra santa islâmica (a jihad) contra os "infiéis". Gaba-se de que os "infiéis" já lhes pagam o imposto (a jyziia) e de que nos países infiéis a Allah, até se corre o perigo de que os filhos sejam obrigados a ir à escola -  e ainda por cima ensinados por algum dos que qualifica como "os mais vis dos seres", essas "criaturas sujas" que são os "infiéis" (nós, os não muçulmanos).
São pessoas como este português Celso Rodrigues da Costa que se cruzam connosco todos os dias na rua. Que como este terrorista se sentem "humilhadas" por não mandarem nos "infiéis",  e que sonham com o dia em que instalarão a sharia (a brutal e medieval lei islâmica) e disporão das nossas vidas, ao bel-prazer da sua barbárie, do seu ódio, do seu fanatismo e da sua sede de sangue.
Como o terrorista Celso Rodrigues da Costa, outros terroristas portugueses andam pela Síria a assassinar, torturar, violar, raptar, bombardear, profanar. E virão para cá, depois do festim, com a aprovação entusiástica dos residentes da caixa de comentários do Público, dos louçãs, dos sos-racismos e das isabéis gês da vida.
Lembramos que na Síria, com o beneplácito de Obama e dos líderes ocidentais, funcionam - entre outras maravilhas islâmicas - verdadeiros e literais MATADOUROS DE CRISTÃOS

Obama e os Matadouros de Cristãos na Síria

No site RESCUE CHRISTIANS há muito mais sobre o genocídio global dos cristãos às mãos dos muçulmanos.
Também já tínhamos falado deste terrorista português ("português" só no passaporte, que o que ele é, é islâmico, é súbdito do Califado Global) aqui: 

Portugueses na Al-Qaeda 

 

O Correio da Manhã refere que este terrorista usa o "nome falso" de Abu Isa Andaluzi. Não se trata de um nome falso, mas do nome muçulmano do terrorista Celso Rodrigues da Costa, uma homenagem aos tempos em que os muçulmanos dominavam a Península Ibérica, que, para eles, é o Al Andalus, um território "a libertar", tal como Israel. É que território que foi conquistado pelos muçulmanos, segundo a teologia da Religião da Paz, sê-lo-á para sempre:

Depois de Israel, os muçulmanos querem reconquistar a Península Ibérica


Já o temos dito, mas não é demais lembrá-lo: os muçulmanos, de acordo com a doutrina do waqf, consideram que um território uma vez possessão islâmica é para sempre possessão islâmica, sendo dever de todos e de cada um dos muçulmanos tudo fazer para o recuperar.
A doutrina é antiga e actual. Primeiro estão concentrados em Israel, espinho atravessado na orgulhosa garganta da ummá; depois reclamarão a Península Ibérica, o Al-Andalus, cenário de uma  mitológica prosperidade e superioridade cultural e civilizacional islâmicas, estranhamente jamais repetidas e sem nada que se lhe compare passados 600 anos.
Quem duvida, oiça o que os próprios muçulmanos dizem:

Barack Hussein Obama apoia estes terrorista na Síria, como tem apoiado e apoia os da Líbia, Egipto, Afeganistão, etc.. Barack Hussein Obama está ao serviço dos islâmicos, não do país a que preside.

5 comentários:

  1. Celso, filho, se me estás a ler, a Isabel manda-te beijinhos e diz que está disposta a dar o corpo ao manifesto em prol da causa, caso seja necessário:

    http://world.time.com/2013/09/20/tunisian-women-go-on-sex-jihad-to-syria-minister-says/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Isabel G., sendo ateísta, era fuzilada na hora! Chegava lá, de braços abertos, a gritar "Vinde a mim, meus semelhantes!", e levava uma rajada em cima. Se tivesse sorte. Se não tivesse, seria decapitada. E muitas vezes eles nem se dão ao trabalho de afiar as facas - e fazem questão de o dizer. Mas como o Celso qualquer dia está de regresso a Portugal, ela pode ir abraçá-lo ao vivo e a cores! "Allah Akbar, semlehante Celso!".

      J.J.

      Eliminar
  2. Um dia, os que sobreviverem, voltarão para matar cá!

    ResponderEliminar
  3. Tudo indica que seja português de ascendência africana.

    ResponderEliminar

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.