terça-feira, 15 de abril de 2014

Atentados de Boston - 1 Ano



Faz hoje um ano que os dois terroristas islâmicos, os irmãos Tsarnaev, lançaram um odioso ataque na Maratona de Boston. Na Imprensa, lembra-se os atentados, mas não se refere a motivação islamistaRobert Spencer fez publicar hoje um artigo com o título do nosso post de há dias: "Os atentados podiam ter sido evitados". Pois podiam. Mas Barack Hussein Obama deu ordens para esconder a verdade sobre o terrorismo islâmico:

Obama Bane a VERDADE - 1

Obama Bane a VERDADE - 2

Obama Bane a VERDADE - 3




Em entrevista à CNN, a senhora Zubeidat Tsarnaeva, mãe dos dois terroristas que puseram bombas na Maratona de Boston, afirma alto e bom som que "não se importa que os filhos tenham morrido, não se importa de morrer, e que Allahu Akbhar!"

Temos repetidamente feito eco das ligações de Obama e da sua família ao Islão e à Irmandade Muçulmana (o seu irmão Malik é um notório apoiante do terrorismo, da Irmandade, e um financiador do terrorismo islâmico global).

Uma amostra do currículo de Malik Obama: "Não seja modesto, senhor Presidente!"

"Hoje, a Imprensa nacional e mundial é sacudida pela "revelação bombástica" de que a "culpa" dos atentados na maratona de Boston foi dos russos, que alegadamente não deram informações completas ao FBI sobre os dois irmãos terroristas islâmicos."

Ora a Rússia informou os Estados Unidos de que Tamerlan Tsarnaev "era um seguidor do islamismo radical e um crente acérrimo" e que este "mudou drasticamente desde 2010, quando se preparava deixou os Estados Unidos para se juntar a grupos clandestinos não especificados." 

Esses "grupos clandestinos" só poderiam ser, nesse contexto, grupos terroristas islâmicos. Os russos essencialmente disseram ao FBI que Tamerlan Tsarnaev era um jihadista, e isso não foi suficiente para o FBI o manter sob vigilância?  

O FBI desinteressou-se de Tamerlan e do irmão porque não tinha sido "encontrado nada de substantivo que os ligasse a um grupo terrorista". A possibilidade de um ataque independente, sem filiação, não ocorreu aos especialistas do FBI.  

O FBI claramente falhou neste caso, e tem alguma responsabilidade pelo atentado de Boston, mas, em última análise, a responsabilidade recai sobre Barack Obama e John Brennan, que asseguraram que os agentes permanecessem plenamente ignorantes do Islão e da jihad, quando proibiram qualquer menção a ambos na formação anti terrorista. Sem terem preparação, como poderiam os agentes do FBI avaliar correctamente o que os russos lhes disseram?



Temos neste blog um marcador sobre o ataque terrorista islâmico na Maratona de Boston, e chamamos a atenção para o post sobre o triplo assassinato cometido pelo terrorista islâmico Tamerlan Tsarnaev, que assassinou três judeus (os seus três ÚNICOS amigos), para assinalar condignamente o aniversário do 11 de Setembro, que marcou o início da presente guerra santa aos infiéis.

Tamerlan Tsarnaev: triplo assassinato

Sob a lei que proíbe  qualquer investigação ao terrorismo islâmico, este triplo assassinato passou incólume. Foi abafado. E a seguir veio o ataque de Boston. Cortesia de Obama.

"Algures no Quénia, uma aldeia sente a falta do seu idiota"!

Em compensação, a Aldeia Global tem o seu idiota!

O nosso profundo respeito e solidariedade para com as vítimas deste acto bárbaro e seus familiares. Que a luta contra o terrorismo possa prosseguir, para livrar o mundo deste flagelo.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.