segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Colonos muçulmanos "celebram" o Ano Novo judaico


Polícias israelitas foram atacados no Monte do Templo por dezenas de jovens terroristas muçulmanos, como forma de "celebração" do Ano Novo judaico. 
Bombas incendiárias, morteiros, pedras, tudo serviu aos terroristas para atacarem os judeus. A Polícia respondeu com gás lacrimogéneo.
O assédio aos peregrinos judeus que pretendem visitar o lugar mais sagrado do Judaísmo (actualmente ocupado e profanado pelos invasores muçulmanos), é constante. A organização terrorista O.L.P. também exerce intimidação junto dos jornalistas internacionais que queiram visitar o local.
Israel providencia livre acesso aos locais sagrados de todas as religiões que o seu pequeno território encerra. Mas os judeus, no Estado Judaico, são continuamente aterrorizados, na capital eterna de Israel - Jerusalém.
Recebemos vídeos diariamente. Tornar-se-ia fastidioso estar sempre a postá-los.
.
O tratamento dispensado aos judeus, na sua Terra, pelos racistas colonos muçulmanos, é este:

 

Imaginem que era ao contrário...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.