segunda-feira, 24 de junho de 2013

Papa Francisco - "Um cristão não pode ser anti-semita!"


(Rádio Vaticano) - O Papa Francisco diz que devido às "nossas raízes comuns" com o povo judeu, "um cristão não pode ser anti-semita!"
O Papa falava para uma delegação do Comitê Judaico Internacional de Relações Inter-religiosas (IJCIC) que se reuniram no Salão dos Papas do Palácio Apostólico para uma audiência privada esta segunda-feira. O IJCIC está empenhada em desenvolver as relações com a Comissão do Vaticano para as Relações Religiosas com os Judeus, a Igreja Cristã Ortodoxa, o Conselho Mundial de Igrejas e outras organizações religiosas internacionais.
Embora conheça "importantes personalidades do mundo judaico", o Papa Francisco disse que esta foi a primeira vez que se encontrou  com um grupo de representantes oficiais de organizações e comunidades judaicas. Lembrou que o Concílio Vaticano II e a declaração Nostra Aetate foi um "ponto-chave de referência para as relações com o povo judeu."
"Os princípios fundamentais expressos na Declaração", continuou ele, "têm marcado o caminho de uma maior consciencialização e entendimento mútuo, trilhados nestas últimas décadas por judeus e católicos" - um caminho muito apoiado, observou ele, pelos seus antecessores.
O Papa Francisco lembrou as próprias amizades com líderes do mundo judaico, quando era arcebispo de Buenos Aires, dizendo que estas "relações amigáveis ​​são uma base para o desenvolvimento de um diálogo mais oficial".
O Papa encorajou os presentes a "seguir este caminho, tentando, ao fazê-lo, envolver as gerações mais jovens". "A Humanidade", disse ele, "precisa do nosso testemunho comum a favor da dignidade do homem e da mulher ... e em favor da paz. "...

Sites cristãos tais como A Voz dos Coptas, publicam com alegria estas declarações do líder católico. Bom seria que confissões cristãs como a Igreja de Inglaterra, os Evangélicos Luteranos, o Conselho Mundial das Igrejas, os Presbiterianos, os Metodistas, os católicos-comunistas da Teologia da Libertação, lhe dessem ouvidos e extirpassem de uma vez por todas esse preconceito vergonhoso.

Se é que conhecemos a mensagem de Jesus (ele mesmo judeu), um cristão não só não pode ser antissemita como não pode alimentar qualquer tipo de preconceito.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.