quinta-feira, 27 de junho de 2013

Notícias do Egipto

Um ano no Poder, e Morsi fez da Primavera Egípcia é uma longínqua miragem no deserto do fundamentalismo islâmico.

O Público, que aparentemente recusa fazer a hiperligação para este post, traz um arttigo meiguinho para o presidente egípcio e o seu regime islâmico: aqui.

Ouras coisas que a Imprensa não diz:

- Morsi esteve envolvido no ataque ao Consulado norte-americano em Benghazi.

- Obama diz aos cristãos coptas do Egipto para não protestarem contra  Irmandade Muçulmana.



É esta facção e esta gente que Obama está  a financiar e a quem fornece apoio militar.
Excertos de uma manifestação pró-Morsi realizada no Egipto. A filmagem foi postada na Internet em 21 de Junho de 2013.

 

   
Mestre de Cerimónias: 1 significa um.

   
Multidão: 1 significa um.

   
Mestre de Cerimónias: Os media enlouqueceram.

 
   MultidãoOs media enlouqueceram.


(O que até é verdade, mas da maneira oposta...)

   
Mestre de Cerimónias: 2 significa dois.

   
Multidão: 2 significa dois.

 
   Mestre de Cerimónias: Não ao secularismo.

   
Multidão: Não ao secularismo.

   
Mestre de Cerimónias: 3 significa três.

   
Multidão: 3 significa três.

   
Mestre de Cerimónias: O povo egípcio é livre.

   
Multidão: O povo egípcio é livre.

   
Mestre de Cerimónias: O povo egípcio é livre.

   
Multidão: O povo egípcio é livre.

   
Mestre de Cerimónias: O povo egípcio é livre.

   
Multidão: O povo egípcio é livre.

   
Mestre de Cerimónias: 4 significa quatro.

   
Multidão: 4 significa quatro.

   
Mestre de Cerimónias: Vamos governar de acordo com a Constituição.

   
Multidão: Vamos governar de acordo com a Constituição.

   
Mestre de Cerimónias: 5 significa cinco.

    
Multidão: 5 meios cinco.

   
Mestre de Cerimónias: Por Allah, eu não tenho medo.

   
Multidão: Por Allah, eu não tenho medo.

   
Mestre de Cerimónias: 6 significa seis.

   
Multidão: 6 significa seis.

   
Mestre de Cerimónias: O coração da elite treme de medo.

   
Multidão: O coração da elite treme de medo.

   
Mestre de Cerimónias: 7 significa sete.

   
Multidão: 7 significa sete.

   
Mestre de Cerimónias: Qual Holocausto, seu malcheiroso?

[Nota: a referência é a Netanyahu, os cantores usar um trocadilho para produzir "Stink-yahu"]

   
Multidão: Qual Holocausto, seu malcheiroso?     

    Mestre de Cerimónias: 8 significa oito.

    
Multidão: 8 significa oito.

   
Mestre de Cerimónias: Se tivéssemos a lei sharia.

   
Multidão: Se tivéssemos a lei sharia. 

    
    Mestre de Cerimónias: Se tivéssemos a lei sharia.

   
Multidão: Se tivéssemos a lei sharia.

   
Mestre de Cerimónias: 9 significa nove.

    
Multidão: 9 significa nove.

   
Mestre de Cerimónias: As elites são como o Frankenstein.

   
Multidão: As elites são como o Frankenstein.

   
Mestre de Cerimónias: As elites são como o Frankenstein.

   
Multidão: As elites são como o Frankenstein.

   
Mestre de Cerimónias: 10 significa dez.

   
Multidão: 10 significa dez.     


    Mestre de Cerimónias: Eu anseio pelo martírio.

   
Multidão: Eu anseio pelo martírio.

_____________________________

-  A motivação dos islamistas contra o Mundo Livre em geral, e contra Israel em particular, é RELIGIOSA. No Egipto, os cristãos coptas são os primeiros a sofrer. Têm sido numerosos os massacres de cristãos pela polícia egípcia, tem havido assaltos à Catedral de S. Marcos (O "Vaticano" dos coptas) e outras atrocidades contra os "infiéis".

Atrocidades sortidas (atenção à parte final, quando crianças muçulmanas nas escolas se manifestam pela chacina dos cristãos):





Aqui, uma menina cristã copa é violada em grupo por muçulmanos, um processo de islamização muito usado por lá. Detalhes em http://atlasshrugs2000.typepad.com/atlas_shrugs/2011/06/christian-girl-being-sexually-abused-to-make-her-convert-to-islam.html


Rapariga cristã copta violada por manifestantes islamistas à luz do dia, com os inevitáveis gritos de Allahu Akhbar:


Repórter ocidental atacada e sexualmente agredida por muçulmanos no Egipto (os clérigos muçulmanos decretaram que era permitido violar as mulheres aquando dos protestos). Gangues de violadores de mulheres e espancadores de homens foram contratados pela Irmandade Muçulmana para calar os protestos da Primavera Árabe no Egipto.




Clérigo muçulmano explica que é lícito aos muçulmanos egípcios chacinarem os cristãos coptas, tal como o profeta Maomé chacinou os judeus de Al Medina.

Explica também que onde os muçulmanos estão mais fracos devem limitar-se a acções menos radicais, tais como aquilo que aconselha aos muçulmanos de Gaza: lançarem mísseis sobre Israel! Onde são mais fortes... ordem para chacinar!


Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.