segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Walter Williams: "A esquerda empenha-se em baixar os seus padrões de comportamento"



Trump está sob fogo, por defender o que Clinton defendia. Mas quando é a esquerda, está tudo bem.

Estas são imagens dos "protestos" na Universidade de Berkeley, em que os esquerdistas boicotaram o evento de Milo Yiannopoulos, fazendo com que fosse cancelado. Esta é uma compilação imagens de violentos delinquentes e agitadores anti-Trump, espancando apoiantes de Trump de forma brutal, até os deixarem inconscientes. Repugnante. 
Os esquerdistas também atearam incêndios em edifícios, pulverizaram uma jovem apoiante de Trump com gás pimenta e rebentaram máquinas ATM por nenhuma razão. Um homem parece ter uma concussão. Outros estão visivelmente a sangrar. Outro é espancado até ficar inconsciente no chão, com uma poça de sangue em torno da cabeça. Pode ter lesões permanentes, e pode até vir a morrer. 
Todo este sangue, violência e possíveis assassinatos, enquanto a "tolerante esquerda" AntiFa e os "manifestantes pacíficos" chamam  fascistas e nazis aos apoiantes de Trump:





LÓBI ISLAMO-ESQUERDISTA CENSURA MILO YIANNOPOULOS
Já todos sabíamos que o pior estava para vir. Com os mandatos de Obama e do seu gangue, a extrema-esquerda ganhou terreno e maus hábitos nos Estados Unidos, e agora, que o país volta a ter um presidente americano, pró-americano e pró-ocidental, a extrema-esquerda está em pânico e em fúria.

Demos a palavra ao TRUTH REVOLT

Walter Williams: "A esquerda empenha-se em baixar os seus padrões de comportamento". 
A grande maioria dos assassinos, estupradores e prisioneiros identificam-se como esquerdistas.


Professor Walter E. Williams

Olhando para os anarquistas que destruíram Washington DC durante a tomada de posse de Donald Trump e para os fascistas "anti-fascistas" que incendiaram e pintaram "KILL TRUMP" ("MATEM TRUMP") por todo o campus da Universidade de Berkeley, para "protestarem" contra Milo Yiannopoulos, podemos tirar pelo menos uma conclusão: os conservadores não agem assim.  
Mas a esquerda fá-lo, e o fá-lo regularmente. Porque a esquerda se impõe um padrão muito baixo de comportamento, segundo diz o grande economista da Universidade Walter Mason, o Professor Walter E. Williams. 
Ele argumenta, no seu artigo para o The Daily Signal, que se fossem republicanos ou conservadores a usar máscaras, lançar bombas e espancar as pessoas em reacção a Barack Obama se tornar presidente, teríamos de certeza uma rápida e ampla cobertura mediática e política, e uma vigorosa condenação por parte dos intelectuais. 
"Os esquerdistas, no entanto, têm um livre trânsito para fazer as desordens que entendam, e são até incentivados a fazer mais”.  
"Vamos supor que os republicanos/conservadores tivessem levado cartazes que diziam 'F- Obama' ou falassem sobre fazer 'explodir a Casa Branca'. Os meios de comunicação, em vez de lhes chamarem manifestantes, tê-los -iam rotulado de racistas, obstrucionistas e tudo menos Filho de Deus", escreve Williams. 
Aqui está o porquê de acordo com Williams: 
Os republicanos e conservadores são mantidos - e mantêm-se - em padrões mais elevados de comportamento. Em contraste, democratas e liberais são mantidos - e mantêm-se - em padrões de comportamento menos civilizados. 
Ele está certo. Basta pensar no movimento Occupy Wall Street, de há alguns anos, quando os liberais ocuparam as principais cidades em todo o país, pilhando e destruindo cada cidade à medida que avançavam. O seu comportamento foi condenado? Nenhum membro do Partido Democrata o fez. Tão pouco o presidente. 
Os protestos do Tea Party incluíram conservadores que usaram carros da Polícia como casas de banho? Não! 
Os  apoiantes do Tea Party não atearam fogos, não apedrejaram a Polícia, nem tiveram nenhum dos comportamentos deploráveis que os esquerdistas têm manifestado. Além disso,  deixaram limpos todos os locais onde protestaram. 
Pergunte a si mesmo se você já viu republicanos/conservadores provocando tumultos, virando carros da Polícia, saqueando, incendiando locais de negócio e gritando obscenidades enquanto marchavam. 
Você já viu conservadores marchando com cânticos apelando ao assassinato de polícias? Mas você deve já ter ouvido os gritos dos esquerdistas: "O que queremos? Polícias mortos! Quando queremos? Agora!".

O bando terrorista racista supremacista negro 'Black Lives Matter' tem apelado ao assassinato de polícias e de brancos. E alguns seguidores têm passado à prática, assassinando dezenas de agentes. Obama agradeceu-lhes o "excelente trabalho". Ninguém fala disto. Vidas de polícias e de brancos não têm valor.

"Está aberta a época de caça aos brancos" - e se fossem brancos a fazer os cartazes como este? A esquerda ama o terrorismo. basta ver o que se passa em Israel, onde as vítimas do terrorismo são demonizadas pela esquerda e os terroristas promovidos a heróis.

A razão pela qual os esquerdistas têm padrões tão baixos é porque seus líderes dão o exemplo, argumenta Williams. As cidades mais perigosas da América são as controladas pelos democratas. As cidades com menos educação e mais pobres são as controladas pelos democratas.

"Eu apostaria muito dinheiro em que a maioria dos assaltos, estupros e assassinatos de mulheres, são feitos por pessoas que se identificam como liberais, e que, se votassem ou tivessem uma filiação partidária, seriam democratas", afirmou Williams.

Esta revista esquerdista irlandesa fez uma capa a incentivar ao assassinato de Trump. Se alguma revista de direita tivesse feito uma capa a incentivar ao assassinato de Obama, teriam sido presos todos os responsáveis.

Um governo grande significou menos liberdade, manteve essas cidades dependentes e deixou-as em ruínas. É hora de mudança, Williams aconselha, e cabe aos conservadores mostrar-lhes como:

"Devemos fazer todos os esforços para valorizar a superioridade moral da liberdade pessoal e do seu principal ingrediente: um governo limitado".

-----------------------



Feminazis em Washington. A organização da manifestação (A "Marcha das Mulheres", contra Trump) deixou claro que ela era apenas para mulheres que são contra o presidente Trump. Elas deixaram claro que mulheres brancas teriam que ficar caladas, elas negaram a participação de grupos que não apoiam o aborto, ou de grupos que poderiam desviar a atenção do objetivo da manifestação: ser contra Trump. 
in Lei Islâmica em Ação 

Uma das organizadoras desta manifestação foi a pró-terrorista islâmica Lisa Sarsour. 


MAIS ALGUMAS PERTINENTES OBSERVAÇÕES DO PROFESSOR WILLIAMS:


Idiotas úteis.

Na verdade, praticamente toda a violência contra a Polícia - seja apedrejamentos, emboscadas ou assassinadas - é cometida por liberais ou pessoas que se identificam como democratas.  
O facto é que, se examinássemos a criminalidade nos Estados Unidos veríamos que ele é dominada por pessoas que seriam descritas como liberais, democratas e simpatizantes de Hillary Clinton.  


A herança de Obama.


Democratas e liberais acusam os republicanos de conduzirem uma guerra contra as mulheres. Assalto, estupro e assassinato são as piores coisas que podem ser feitas a uma mulher.  Aposto um monte de dinheiro que a maioria dos assaltos, estupros e assassinatos de mulheres são feitos por pessoas que se identificam como liberais, e se votaram ou tiveram uma filiação partidária, seria Democrata.  
Um dos exemplos mais brilhantes de como os liberais são mantidos em padrões mais baixos vem quando olhamos para o que eles controlam:  
As cidades mais perigosas do país em 2012 foram Detroit, Oakland, St. Louis, Memphis, Stockton, Birmingham, Baltimore, Cleveland, Atlanta e Milwaukee. A característica mais comum dessas cidades é que, durante décadas, todas elas foram administradas por administrações democratas e presumivelmente liberais.  
Algumas cidades - como Detroit, Buffalo, Newark e Filadélfia - não escolheram um presidente republicano por mais de meio século. 

 Eis os campeões da Democracia:


Destruir tudo, matar polícias, matar Trump! 

Não é apenas segurança pessoal. Essas cidades controladas pelos democratas têm a educação pública de mais baixa qualidade apesar do facto de terem grandes e crescentes orçamentos escolares. A maioria destas cidades perigosas sofreram diminuições maciças na população.  
Alguns observadores têm sugerido que o racismo causou a fuga dos brancos para os subúrbios. Mas esses observadores ignoram o facto de que a fuga dos negros se tornou cada vez mais significativa. Acontece que os negros não gostam de ser assaltados. 
Republicanos e conservadores, incluindo Trump, não devem queixar-se ou lamentar-se sobre tratamento diferente nos media de esquerda. A magnanimidade ordena que tenhamos compaixão e tentemos entender os nossos irmãos caídos. 



Desde o primeiro momento, os apoiantes do gangue Obama/Hillary/Kerry, pedem a morte de Trump e dos seus apoiantes. 

Do lado dos eleitores de Trump, expressões de gente decente, honesta e trabalhadora:


- Já temos algumas dezenas de interessantes posts sobre a revolução TRUMP.

2 comentários:

  1. Vou só fazer dois comentários à sua frase inicial
    "Existem 50 Estados Islâmicos (TODOS ditaduras), e poucas críticas despertam. " Não tem lido bem o que vai nos media certamente, eu diria que é justamente o contrario, o Islão é quase demonizado ,e note eu sou cristã. Não estou a defender a religião islâmica.
    "Israel é apenas 0,02% do Mundo Islâmico e 0,5% do Médio Oriente, e é a única democracia da região" esqueceu-se do Libano , vizinho de Israel e no meu ponto de vista um pequeno grande pais, com várias etnias , várias religiões e uma extra dose de tolerância ou tentativa de tolerância aos outros. Nem sempre fácil.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não pode haver tolerância com quem quer matar-nos, caro amigo/a.

      O Islão é pior que o Nazismo e o Comunismo:

      https://www.youtube.com/watch?v=QMWvUA09X0w

      O Líbano, uma democracia??? Deve estar a brincar :-)

      Não existe Islão moderado:

      https://www.youtube.com/watch?v=C3mng9jaAhY


      O que dizem os media não me interessa. Interessa-me a verdade.

      Oliveira

      Eliminar

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.