quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Linchamento mediático de Fillon. Saiba PORQUÊ?

Enquanto uma certa esquerda (os velhos hippies cuja formação política foi forjada pelo LSD, e os novos justiceiros sociais/meninos bem) tentam a todo o custo provocar uma guerra civil nos Estados Unidos, na Europa os poderes movem-se para impedir que o fenómeno Trump se repita por cá.
Apesar da fraude eleitoral em massa (ver post anterior), Trump ganhou nos Estados Unidos. Por isso, na Europa, tratam já de partir as pernas a certos candidatos inconvenientes. 
Noutro dia correu os telejornais a "notícia" de que François Fillon, actualmente em campanha eleitoral para as presidenciais em França, era culpado de "desvio de dinheiro"
O caso é um não-caso, mas o candidato da Direita já está nas bocas da Imprensa, e até o Observador, na sua triste deriva para se tornar o Huff Post luso, colabora no assassinato político de um homem inocente. 
Qualquer espectador de telejornais e leitor de jornais institucionais, já "sabe" que Fillon é um "corrupto". Deu na televisão, veio nos jornais, portanto só pode ser verdade!
Este artigo do EUROPE-ISRAEL explica: 

Caso Fillon: linchamento por € 2,218.75 por mês
O caso Fillon é absolutamente ridículo. Como um disco velho e riscado, vai-se tornado absolutamente grotesco. Os media e os políticos assomam com os números em questão, sem qualquer comentário  e sem qualquer atenção ao contexto. 
Manipulação e falsidade são as armas de destruição em massa dos inimigos do voto popular e da democracia.
 

Sr.a Fillon terá recebido 830.000 euros brutos de 1989 a 2013. Excepto a Mediapart, nenhum órgão de informação ou jornalista explicaram como e porquê. Ninguém, além da Mediapart, parece ser honesto o suficiente para explicar que os jornalistas e políticos de esquerda falam do salário bruto, pois o líquido é de 639000 euros. As autoridades fiscais recuperaram, assim, 191000 euros. Nenhum órgão de informação, excepto a Marianne e a Mediapart, tomaram a iniciativa de calcular o que isso representa por mês. Assim, o grande escândalo financeiro representa um salário líquido de 2,218.75 euros por mês, em 24 anos de serviço.

Como é que os jornalistas, os responsáveis políticos e financeiros, podem se proceder, em total conivência, ao linchamento mediático de François Fillon, por causa de uma soma paga à sua Esposa, enquanto deputada,  por causa de 2.300 € líquidos por mês em média? Como se pode impunemente manipular a opinião pública? 

O Canard Enchaîné, a origem de "revelações", viu sua dívida de 3,5 milhões de euros apagada, quando Emmanuel Macron foi Ministro da Economia. A retribuição de favores parece óbvia. (...)

É urgente prestar contas perante o povo, especialmente todos os que recebem dinheiros públicos em quantidades muito maiores do que a de senhora Fillon.

Sébastien COLIN para Europe Israël News




PORQUÊ?


"Vamos esquecer o politicamente correcto e os preconceitos, é hora de chamar os bois pelos nomes e de chamar totalitarismo ao totalitarismo. Sim, a sangrenta invasão do Islão no nosso quotidiano vai provocar uma terceira guerra mundial. Sim, a grande questão, hoje, é como podemos superar esta terrível ameaça que tem a França e os franceses como alvo."
François Fillon

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.