quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

VÍDEO: Esfaqueamento frustrado em infantário de Hebron

As filmagens das câmaras de segurança mostram uma mulher terrorista "palestina" correndo em direcção a crianças num parque infantil na tarde de sábado passado, em Hebron, perto da Caverna dos Patriarcas e Matriarcas, com uma faca na mão, antes de a Polícia de fronteira chegar ao local.


Via: 

https://worldisraelnews.com/?utm_source=MadMimi&utm_medium=email&utm_content=Palestinians%3A+Trump+Vowed+Not+to+Move+Embassy%3B+Canadian+Student+Leader%3A+%27Punch+a+Zionist%27&utm_campaign=20170212_m137546763_Palestinians%3A+Trump+Vowed+Not+to+Move+Embassy%3B+Canadian+Student+Leader%3A+%27Punch+a+Zionist%27&utm_term=header_logo_2_jpg



A chama do NAZISMO nunca se apagou

Este foi mais um ataque (um de muitos, diários, e felizmente frustrado) da campanha terrorista a que chamamos INTIFACADA (clique para ver a secção) e que consiste em assassinar judeus por todas as maneiras possíveis (mesmo à facada).
Se esta terrorista tivesse sido abatida, o Mundo teria ficado indignado. Há 70 anos, Hitler matava os judeus. Hoje, o Mundo paga aos terroristas da Fatah/Autoridade "Palestina" e do Hamas para fazerem o mesmo.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.