sexta-feira, 1 de abril de 2016

Benjamin Natanyahu pronuncia-se sobre o atentado terrorista em Bruxelas



"Benjamin Natanyahu se expressa diante do recente atentado terrorista em Bruxelas. Não muitos lideres mundiais têm sobre os seus ombros um Estado sob constante ameaça de terroristas, e o que se passa entre Israel e seus vizinhos não se trata de uma "antipatia amigável" para ver quem joga melhor futebol, como o que acontece entre a Argentina e o Brasil. Para Israel, negociar com os países ao seu redor, é desenvencilhar soluções diplomáticas com os grupos terroristas no poder (Hamas; Hezbollah; etc) que se recusam a reconhecer Israel como nação soberana - e mais, promulgam a extinção do Estado Judaico. Natanyahu sabe o que esses grupos almejam mais do que ninguém, e por isso suas palavras são dignas de todo o crédito."
Tradutores de Direita

2 comentários:

  1. Os seculos 20 e 21 conheceram em Benjamin Netanyahu um raro e notável superherói. Não é menos do que Sansão; Josué ou Davi e é uma honra estar vivo neste tempo e apoiar pessoas assim bem como Israel e o mundo judeu.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo. Ao contrário dos líderes ocidentais que estão na moda, meninos formados no marxismo Maio de 68, Benjamin teve que pegar em armas e combater pelo seu país, conhece a realidade em directo e não pelas leituras decantadas dos teóricos.

      Eliminar

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.