quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Gene Wilder

Morreu o actor norte-americano Gene Wilder. Tinha 83 anos. Agora com a Internet, qualquer pessoa pode descobrir ou redescobrir a sua obra, e de caminho a de cúmplices como Mel Brooks ou Marty Feldman. Nós só queremos agradecer-lhe pela alegria e pela Arte.
Nascido Jerome Silberman, filho de emigrantes russos, Wilder definia-se em termos religiosos como judeu-budista-ateísta. Foi um de muitos filhos de migrantes judeus que fugiram da Europa de Leste comunista ou da Alemanha nazi e que fizeram carreira em Hollywood. 
A sua obra é extensa e os êxitos são muitos. Escolhemos alguns momentos de "A Mulher de Vermelho", uma comédia sobre infidelidade conjugal, que dirigiu e protagonizou, e que dizem melhor que nós do seu talento.

A filha da sua personagem Teddy Pierce anuncia que vai ver um espectáculo de David Bowie com o namorado, o inquietante Shelly:

Um telefonema combinado com um amigo para facilitar uma "escapadela" chega na altura em que Esposa acaba de fazer um discurso sobre lealdade no casamento. Teddy entra em pânico:

Teddy consegue um encontro com a misteriosa Mulher de Vermelho, e prepara-se a rigor:



Um lamentável mal-entendido leva Teddy a encontrar-se com uma mulher que não a de vermelho:

Uma festa surpresa preparada pela família surpreende Ted bem acompanhado:



Finalmente, o encontro (não viria a correr muito bem):

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.