sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

10 perguntas ao terrorista Ban Ki-moon

Ban Ki-moon e o actual primeiro-ministro canadiano, o islamófilo Justin Trudeau.
Como temos noticiado sumariamente (a maior parte dos episódios fica de fora), Ban Ki-Moon apoia a Intifacada em Israel, ao mesmo tempo que a Intifacada chega à Europa. Apoia o terrorismo contra Israel e o terrorismo em geral. É um terrorista.

O Obama canadiano: Justin Trudeau, o novo primeiro-ministro do Canadá (aqui vestido de muçulmano e a orar ao deus Alá, numa mesquita), tem consistentemente menosprezado o terrorismo islâmico e atribui-o a factores não islâmicos. Está a islamizar o Canadá a grande ritmo.
A organização UN Watch, após o reiterado apoio do secretário geral da ONU ao terrorismo, questiona-o:

10 PERGUNTAS A BAN KI-MOON, POR OCASIÃO DA SUA VISITA AO CANADÁ  
Num dia em que o líder da ONU, Ban Ki-moon, continua a sua visita de alto nível ao Canadá, com presença agendada na Universidade McGill, o director-executivo da UN Watch, Hillel Neuer, ele mesmo um graduado da McGill, convidou os alunos da Universidade a fazerem 10 perguntas básicas ao Secretário-Geral, relativas às acções da ONU no ano passado. Perguntas que o novo primeiro-ministro canadiano, Justin Trudeau, não fez:

10: Se a ONU apoia os direitos das mulheres, porque elegeu o misógino Irão para o Conselho dos Direitos das Mulheres da ONU?

9: Apesar dos constantes relatos de genocídio por parte do Governo do Burundi, porque é que a ONU acaba de eleger esse regime como membro do seu Conselho de Direitos Humanos?

8: Se a ONU se preocupa com os direitos das crianças, porque é que teima em encobrir os estupros cometidos pelas forças de paz contra as crianças na República Centro-Africana, e, em seguida, pune e suspende Anders Kompass, o oficial que tentou parar os abusos?

7: Se a ONU acredita na ética e no bom governo, porque é que John Ashe, ex-presidente da Assembleia Geral da ONU acaba de ser preso, nas palavras do procurador dos EUA, por se ter "vendido a si mesmo e à instituição global que liderou", embolsando mais de  1 milhão de dólares para financiar gastos de luxo, que incluem relógios Rolex, fatos sob encomenda, um BMW, e uma campo de basquetebol privado?

6: Se a ONU se preocupa com o genocídio, porque é que a UNESCO recentemente elegeu o regime genocida do Sudão para um posto de liderança?

Entre 2006 e 2015, a ONU emitiu 57 condenações contra Israel (por querer existir) e NENHUMA contra bandos terroristas como o Hamas, a Al-Qaeda, a Jihad Islâmica ou o Hezbollah. A ONU É UMA VERGONHA! Ah, mas emitiu UMA condenação contra o Estado Islâmico/ISIS/DAESH! Valha-nos isso!...
5: Se a Carta da ONU acredita em igualdade e proporcionalidade, porque é que a Assembleia Geral das Nações Unidas condenou Israel 20 vezes no ano passado, com apenas 3 resoluções para o resto do mundo combinado?

4: Porque foi o diplomata argelino Idriss Jazairy, que notoriamente fez campanha para enganar os especialistas em direitos humanos da ONU, ele próprio eleito como especialista em direitos humanos da ONU?

3: Depois dos mortais ataques terroristas islâmicos em Paris, porque é que o especialista da ONU Alfred de Zayas tentou culpar a França e o Ocidente?

Julgamos desnecessário lembrar que o líder sírio bombardeia, gaseia, tortura e executa inocentes, do seu próprio povo.
2. Porque é que a 25 de Fevereiro a ONU planeia reeleger a Síria a um posto de liderança no Comité de Descolonização, cujo objectivo é acabar com a "subjugação dos povos"?
Julgamos desnecessário lembrar que os Direitos Humanos na Arábia Saudita simplesmente NÃO EXISTEM...
1: Porque é que a ONU elegeu recentemente a Arábia Saudita para liderar um painel do Conselho de Direitos Humanos da ONU que nomeia especialistas em direitos humanos?


O VÍDEO

A ONU é hoje uma organização global de apoio aos regimes terroristas comunistas e islamistas.
Se duvida, aceda ao site da UN Watch, que tem versão em Espanhol,  e assista ao documentário U.N. ME, sobre o qual fizemos já um pequeno post.


1 comentário:

  1. A ONU é simplesmente repugnante. Praticamente tudo o que vem de lá é para ser levado em sentido contrário.

    ResponderEliminar

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.