domingo, 30 de outubro de 2016

[Vídeo] Número de "migrantes" explode em Paris

Refujiadistas - onde se pode ver apenas homens jovens, saudáveis, em idade militar, vindos de todo o mundo islâmico, os media e os políticos exigem que vejamos pobres criancinhas sírias.

O número de migrantes explode em Paris: moradores e lojistas no norte da capital estão cansados ... e Hidalgo* quer mais! 
Anne Hidalgo é a presidente socialista do município de Paris.
No espaço de uma semana, o número de migrantes presentes no 19º distrito da capital disparou. "Insegurança de proximidade", rixas entre comunidades, quebra da actividade comercial... habitantes e comerciantes estão cansados. 18.000 imigrantes ilegais deram entrada num albergue.



    "Estamos a trabalhar com o Estado numa organização estruturada, profissionalizada, perene, de acolhimento e integração no sistema administrativo" ... (Emmanuel Gregory, assistente da presidente do município de Paris, responsável pelos serviços públicos.)

A Polícia chama a este canto de Paris o "triângulo dos imigrantes". (...) Sob o viaduto do metro, três fileiras de tendas abrigam as famílias eritreias e sudanesas. Ao longo do Canal Saint-Martin, afegãos e sírios vivem em abrigos improvisados. Ao longo da Bassin de la Villette e Flanders Avenue, somalis e sudaneses criaram uma "aldeia" de tendas de papelão e lona mais ou menos impermeáveis.

Anne Hidalgo com o muçulmano pró-terrorista que é actualmente o presidente do município de Londres.
Regularmente desmanteladas, as três favelas cresceram drasticamente no início desta semana. Alguns vêem o acontecimento como uma consequência do encerramento da "selva" de Calais, actualmente em fase de conclusão.

Os Cagalhões Desprezíveis

Invasão Islâmica - as pessoas começam a entender!


A selva de Calais e os seus cordiais e gratos habitantes.

(...) De acordo com várias fontes, os migrantes nesta área são agora entre 2500 e 3000 (contra 2000 ainda há 10 dias), principalmente homens sozinhos.
A "operação de controlo", realizada sexta-feira, 28 de Outubro 28, levou a Polícia a prender um punhado de indocumentados para auditorias sobre o seu estado de saúde e a sua situação administrativa. (...) Uma dúzia de barracas foram desmontadas pelas 08:00 horas, mas ao meio-dia os espaços que ocupavam foram reocupados por outros migrantes. [...]
Os habitantes e os comerciantes descrevem a situação como "a sensação de terem sido abandonados" pelo governo.
"Nós já tínhamos passado por isto há cerca de quinze anos, quando os traficantes de crack se instalaram na área", observa Mary Leo. "Da última vez que nos invadiram. respondemos, trabalhando juntos", acrescenta Alain Guillo que quer permanecer optimista. [...]
- Le Point via EUROPE-ISRAEL.

Veja como são altas e peludas e maduras, as "crianças refugiadas da Síria":


 Quantas destas doces crianças serão terroristas, violadores, criminosos?


BREVE COMENTÁRIO SOBRE A INVASÃO ISLÂMICA:
- A Europa está a cometer o mesmo erro cometido por Israel (ou pelo Chipre), que deixaram entrar os invasores islâmicos, e agora têm que viver com a barbárie constante.

Invasores muçulmanos atacam regularmente a Polícia com cocktails molotov, tentando queimar os agentes vivos dentro dos carros. Este ataque foi em França, a 8 de Outubro. A TV não mostrou nada:

Como este vídeo, há MILHARES, que os media institucionais, pagos pelos petrodólares e/ou ideologicamente cúmplices da invasão, ESCONDEM! O Youtube está sempre a mandar os vídeos abaixo, como tudo o que demonstre a natureza do islamismo.

- Os cidadãos muçulmanos que demandam a Europa são maioritariamente homens jovens. Não são refugiados, são invasores pagos pelas potências do petróleo para vergarem a Europa e o Ocidente ao Islão.
- A guerra da Síria traz "refugiados" do Paquistão, da Erireia, de Marrrocos??? 
- As riquíssimas potências islâmicas do petróleo, não recebem nem um refugiado.
- A esquerda e o Islão estão a aproveitar-se da nossa boa-fé para nos invadirem. Os europeus passam necessidades para sustentarem quem os vem aniquilar.

Aqui, refugiados sírios (basta olhar para eles para se ver que são sírios!), desdenham de tudo quanto lhes dão (alojamento, comida telemóvel, etc.), do dinheiro de bolso também, verberam os europeus, e exigem a Lua - e mais:

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.