terça-feira, 17 de março de 2015

Os terroristas do Hamas e os Caretos de Podence


Os terroristas do Hamas e os Caretos de Podence


Infelizmente, o Hamas não tem graça nenhuma...




Os terroristas do Hamas, que controlam Gaza, lançaram uma campanha no tweeter sob o estranho mote de A VERDADE DA BOCA DO CAVALO. Aparentemente, as pessoas já não estão tão tapadas como dantes, atendendo à quantidade de perguntas "interessantes" que a campanha está a receber.

Uma utilizadora do tweeter perguntou a um terrorista mascarado se ele é solteiro e está interessado em namorar com ela.  

Alguns criticaram o Hamas pelo uso de escudos humanos na guerra que moveu contra Israel no Verão de 2014 e pelo uso de hospitais pediátricos para armazenar armas. Um utilizador pergunta-lhes se valeu a pena a guerra que fizeram contra Israel no Verão (claro que para eles, valeu: rendeu-lhes vitimização global, rios de dinheiro e muitos "mártires" no paraíso de Alá!).

Outros utilizadores questionaram o bando sobre os massacres cometidos por bombistas suicidas em autocarros, cafés e outras áreas civis durante a Intifada.

O jornalista Jeffrey Goldberg perguntou: "Porque é que assassinaram 30 civis, incluindo 20 pessoas com mais de 70 anos, na Ceia de Páscoa de 2002, em Netanya?"

Alguns optaram por fazer perguntas acompanhadas de imagens:


"Quando os vossos miúdos se portam mal, põe-nos de castigo retirando-lhes o cinto de explosivos?"

"O que acham deste projecto de fato de combate? Estará um bocadinho exagerado?!

"To BEhead or not to BEhead, that's the question." - uma alusão às decapitações arbitrárias dos seus próprios concidadãos, que o Hamas  realiza.

"Numa escala de 1 a 10 quanto é o vosso embaraço por terem disparado mísseis contra os vossos cabos de alta tensão, quando esperavam massacrar inocentes do lado israelita?"

"As bandeiras de Israel que vocês queimam são importadas ou são fabricadas por vós?"


 "Como é que decorreram os castings para a Guerra nas Estrelas?"

"E se ele espirra?"


"Agora que o Egipto fechou a fronteira, onde é que este jovem casal pode ir passar a sua lua de mel?"

Alguns utilizadores perguntaram onde será realizada a parada do Orgulho Gay em Gaza este ano (a homossexualidade é punida com a morte, em Gaza - que não impede que os movimentos gay  de esquerda ocidentais apoiem o Hamas e odeiem Israel de morte.

Outros mostraram fotos de crianças trajadas de bombistas suicidas e com armas de fogo, nas manifestações do Hamas.

Outros ainda perguntaram se os bravos bilionários que lideram o Hamas continuam a mandar a população massacrar-se como escudo humano dos terroristas, enquanto assistem à guerra no conforto dos seus hotéis de luxo.

Mas a melhor pergunta foi: "Vão executar publicamente a pessoa que teve a ideia desta campanha?".

Não é uma piada. Antes fosse. O Hamas assassina os seus cidadãos por motivos tão triviais como estes ouvirem música. Mais de 160 crianças foram assassinadas depois de terem trabalhado sob escravidão na construção dos túneis de terrorismo. Para não revelarem a posição geográfica e os segredos dos mesmos.



Esta campanha dos terroristas do Hamas emula as campanhas análogas do ISIS, o tenebroso Estado Islâmico que está a levar a cabo um Holocausto em todo o Médio Oriente e Norte de África.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.