quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Elefante na Sala!

 LiveLeak-dot-com-564_1389625672-saudi-paki-dollar-terror.jpg.resized

Há uma manada de elefantes na sala, e a Imprensa politicamente correcta insiste em ignorá-los. Na Síria, a justissima oposição ao ditador Assad, foi sequestrada - como todas as Primaveras Árabes - pelos grupos fundamentalistas islâmicos (Al Qaedas, Irmandades Muçulmanas, e outros heróis românticos tão ao gosto da Esqureda lunática que guarda toda a sua acrimónia para o Buche).  

Operam na Síria grupos terroristas sunitas filiados na Al-Qaeda, que continuam a praticar genocídio, tortura, execeuções sumárias de pessoas de credo ou seita dirente do Islão sunita (ou mesmo de pessoas não suficientemente sunitas), estupros, raptos, canibalismo, profanação e destruição de templos, e todo o tipo de atrocidades.

Quando a Imprensa Ocidental fala do conflito, por exemplo quando se refere às negociações de paz, opta por omitir todo esse horror, e em vez disso aponta baterias apenas para Assad. 

Porque será? Por cagaço? Porque o deus-Obama apoia os "rebeldes"? Porque os media ocidentais estão incuravelmente apaixonados pela Revolução Islâmica?

Os telejornais e os jornais de referência formatam a opinião pública na crença de que existe um mau (Assad) e os bons (os "rebeldes). E o elefante continua na sala.

Vídeos e cartoon de BARE NAKED ISLAM. Note-se que poderíamos estar dias seguidos aqui sentados a postar vídeos e fotos de decapitações, canibalismo, tortura, todo um catálogo de actos bárbaros, cometidos pelos "rebeldes". E pelas forças de Assad também.




Entretanto, a máquina de propaganda ao estilo Pallywood, está já num grau de sofisticação apreciável, dentro do género. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.