sábado, 13 de janeiro de 2018

Obama escondeu documentos da colaboração Al-Qaeda-Irão

Obama sabia que Bin Laden estava a trabalhar com o Irão. Obama e os seus directores da CIA mantiveram essa informação escondida para garantir a aprovação do seu acordo nuclear iraniano. A esquerda elogia o seu herói Obama como um herói e quer afastar Trump do mandato. Obviamente que está a ignorar esta bomba.
 Pam Geller


    O que a equipa de Obama não queria que você soubesse sobre a aliança Al Qaeda-Irão

 
New York Post Editorial Board:

    
O director da CIA, Mike Pompeo, acaba de lançar centenas de milhares de documentos retidos pelo governo Obama, que foram confiscados no ataque de 2011 que matou Osama bin Laden.

    
Não há revelações surpresa - mas documentam mais completamente a extensa cooperação entre Al Qaeda e o Irão, que ainda estava em curso quando Bin Laden encontrou o seu fim.

    
E isso levanta questões ainda mais perturbadoras sobre o acordo nuclear de Obama - e sobre a verdadeira razão pela qual esses documentos não foram divulgados até agora.

    
Particularmente uma avaliação de 19 páginas da autoria de um jihadista sénior sobre os laços Al Qaeda -Teerão: como o Irão forneceu "tudo o que precisávamos", incluindo "dinheiro, armas" e "treino nos campos do Hezbollah no Líbano", bem como refúgio para outros jihadistas.

    
Sim, houve conflitos e desentendimentos ocasionais - mas não o suficiente para quebrar a aliança, que o próprio bin Laden descreveu como "a principal artéria da Al Qaeda, pós-2001, para fundos, pessoal e comunicação".

    
A Casa Branca de Obama reteve essa informação por quase cinco anos , antes de negociar o acordo nuclear - negociações em que se recusou a enfrentar o patrocínio contínuo do terrorismo por parte do Irão, mesmo quando concordou em fornecer mais de 100 biliões em alívio de sanções e pagamentos de resgate de reféns.

    
O próprio secretário de Estado, John Kerry, admitiu que a maior parte do dinheiro se destinava a apoiar grupos terroristas.

    
E isso inclui a Al Qaeda - que, segundo os documentos, estava sob o controle de Bin Laden até o momento em que uma equipa de Navy SEAL o abateu.
    Para garantir a aprovação do acordo que permite ao Irão ter armas nucleares, Obama e os seus directores da CIA retiveram tudo o que pudesse prejudicar a sua proclamada vontade de incentivar os "moderados" iranianos?

  
É o que parece.

---------------------------------------

Todos os dias, um novo ataque mediático concertado contra Trump. Todos os dias, os jornalistas a ignorarem as bombas sobre o Terrorista da casa Branca. Uma palhaçada que julgaríamos impossível, mas nos tempos que correm, tudo é possível! Por exemplo, os media ignorarem isto:

O conluio de Obama com o tráfico de drogas do Hezbollah

Se ainda não conhece o melhor site do mundo sobre Obama, aqui vai:



(Nós temos apenas uma pequena secção Obama)

E não se esqueça:

"O Trâmpe é cor de laranja!" - Isso é que interessa!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Os comentários estão desactivados. As nossas desculpas.

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.