quinta-feira, 9 de julho de 2015

Ser judeu em Londres - uma experiência


Hoje em dia são comuns experiências sociológicas como esta. Os autores criam situações como por exemplo "grávida num transporte público", ou "atrito racial entre africano e caucasiano", e testam a reacção do público. Os vídeos são publicados em sites como o famoso youtube. Neste caso, a situação é "anti-semita ataca judeu", e passa-se em Londres. 

É notório que a presença massiva de muçulmanos na Europa fez crescer o anti-semitismo. É palpável também que o Nazismo volta a levantar a cabeça (veja-se por exemplo as actividades do tenebroso movimento BDS/Boicote, Desinvestimento e Sanções). Os próprios cidadãos comuns, que não professam ideologias anti-semitas, são permanentemente bombardeados por uma Imprensa que maioritariamente o é.

Neste caso podemos ver que a proverbial inclinação britânica para tomar o partido do mais fraco, continua de boa saúde. Apesar do porte imponente do atacante, houve quem tomasse a defesa do alvo do "ódio":


Só é pena que este louvável traço civilizacional britânico e judaico-cristão seja tantas vezes manipulado - nomeadamente para suscitar a simpatia pelos terroristas que atacam Israel, sob a alegação de que estes estão menos bem equipados que o Exército israelita...

Fica a atitude nobre destas pessoas, que parece demonstrar que nós, europeus, ainda não estamos todos embrutecidos.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.