sábado, 25 de julho de 2015

O Dia Mais Triste do Ano


Foto de "História de Israel em Imagens": Jerusalém circa 1870


(Nenhum de nós, neste blogue, é especialista em Judaísmo, Cristianismo, Islamismo, and so on. Caso  cometamos alguma imprecisão, nesta ou noutra matéria, agradecemos que nos corrijam.)

Estamos na véspera do dia mais triste do calendário hebraico, denominado Tisha B’av, o 9º dia do mês hebreu de Av. Aqui vai uma breve súmula dos acontecimentos infelizes ocorridos nesta data:

- No Livro dos Números, lemos que Moisés mandou emissários para espiar a Terra de Israel antes da chegada do Povo Judeu. Os espiões trouxeram um relatório deturpado, visando persuadir o povo a não entrar na Terra Prometida. Tão assustador foi o seu relatório, que o povo chorou naquela noite. Em resultado deste evento, Deus decretou que o povo judeu seria forçado a vagar pelo deserto por 40 anos. 

Não nos pronunciamos a favor nem contra a exactidão histórica desta narrativa, pois o Pentateuco, ou Torá (os 5 primeiros Livros do Antigo Testamento) são matéria complexa e permeada de simbolismos. 
- Essa noite foi a 9 de Av. Os judeus são ensinados que Deus disse ao povo que, uma vez que chorou sem motivo nesse nono dia de Av, iria chorar no nono dia de Av para sempre.


- A Primeira Cruzada começou no nono dia de Av, correspondendo a 15 de Agosto de 1096. Mais de 1,2 milhões de judeus foram mortos.

- Os judeus foram expulsos da Inglaterra no nono dia de Av, correspondendo a 18 de Julho de 1290.


- Os judeus foram expulsos da França no nono dia de Av, correspondendo a 22 de Julho de 1306.


- Os judeus foram expulsos da Espanha no nono dia de Av, correspondendo a 31 de Julho de 1492.


- A Alemanha entrou na Primeira Guerra Mundial no nono dia de Av, correspondendo a 1 de Agosto de 1914. Foram nessa data lançadas oficialmente as sementes do Holocausto.


- Heinrich Himmler, comandante das
SS, recebeu formalmente a aprovação do Partido Nazi para a "Solução Final" no nono dia de Av, correspondendo a 02 de Agosto de 1941.

- A deportação dos judeus do Gueto de Varsóvia, a maioria dos quais foram levados para as câmaras de gás em Treblinka, teve lugar no nono dia de Av, correspondendo a 23 de Julho de 1942.


- O dia seguinte, 10 de Av (que tradicionalmente é continuação do luto) também tem sido associado com tragédia, pelo menos desde os tempos talmúdicos. Em tempos mais recentes, foi no dia 10 de Av, o que corresponde a 18 de Julho de 1994, que o Centro da Comunidade Judaica de Buenos Aires foi bombardeado por terroristas do Hezbollah, que mataram 85 judeus e feriram 300. E, para terminar a nossa lista de calamidades, a funesta retirada unilateral de Israel da Faixa de Gaza, que tem valido dezenas de milhares de mísseis disparados contra Israel pelos terroristas do Hamas, teve lugar no dia 10 de Av, correspondendo a 15 de Agosto de 2005.


Judeus no Muro das Lamentações em 1905 - foto do site Israel Frontline


SERÁ SEMPRE ASSIM?

Impressiona a quantidade de eventos calamitosos na mesma data. Será coincidência, ou haverá um padrão a carecer de estudo e interpretação? 


Quando olhamos para a História dos Judeus, ficamos de facto impressionados com a quantidade e intensidade das calamidades que têm atingido um povo tão pequeno, desde há tanto tempo. Os sábios da História do Judaísmo, peritos na interpretação das Escrituras, afirmam que o 9 de Av, o ano inteiro e a vida na Terra, deixarão de ser marcados por tragédias quando chegar o Messias, uma profecia com milhares de anos que anuncia uma era de paz global. 

Não sabemos se o Messias será uma pessoa que anuncia uma Era, ou uma Era em si. Como as profecias bíblicas costumam cumprir-se (tanto quanto sabemos), os nossos votos são de que a Era messiânica não tarde. Se os judeus são um povo que sabe rir na adversidade, eles e todos nós muito mais riremos na Felicidade!


Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.