sexta-feira, 31 de julho de 2015

O Dia Mais Alegre do Ano

No antigo Israel, era costume que a 15 de Av as "filhas de Jerusalém saíssem com vestes de linho emprestadas (de modo a não constranger aquelas que não tivessem belas roupas)… e dançar nos vinhedos" e "aqueles que não tivessem uma esposa podiam ir até lá" para encontrar uma noiva (Talmud, Taanit 31a). 

É hoje o 15 de Av, um dos dias mais felizes do calendário judaico, em que se registaram muitos acontecimentos auspiciosos. Em Israel e nas comunidades israelitas de todo o mundo, celebra-se a versão nacional do Dia de São Valentim. É um dia muito escolhido para celebrar casamentos e o preferido para procurar co-protagonista para um. É um dia de celebrar o amor.

As filhas de Jerusalém, tanto quanto sabemos, já não vão dançar nos vinhedos. Mas em compensação, hoje, enchem-se as salas de concertos, as festas de rua, os teatros, os restaurantes, as discotecas. O amor está no ar, e até a moda do 'speed-dating' chegou às terras do Rei Salomão, onde a graça feminina ombreia com a da própria Rainha de Sabá.

DÊ UMA VISTA DE OLHOS:



  

 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.