terça-feira, 10 de abril de 2018

Síria vai presidir à comissão de desarmamento de armas químicas da ONU (!!!)

Na sequência de:


200 sírios mortos em ataque químico; EUA furiosos com relatos "horripilantes"
A ONU nos dias de hoje é um organismo de propagação do Islão e do Comunismo, e de combate ao Mundo Livre:

Top 10 das acções mais dementes da ONU em 2017


A prioridade nº1 da ONU é a obliteração de Israel: 
Top 10 das acções anti-Israel mais INSANAS da ONU em 2017

 Visite a nossa secção UNWATCH.




- Traduzido e condensado de UN WATCH. Hiperligações no original:


O embaixador sírio Hussam Edin Aala, à esquerda, com Vladimir Gratchev, representante de Michael Møller, secretário-geral da Conferência das Nações Unidas sobre Desarmamento, Genebra, 3 de Setembro de 2014. 

GENEBRA, 9 DE ABRIL DE 2018 - Apesar das acusações de ter cometido outro ataque com armas químicas no sábado, a Síria presidirá no próximo mês ao fórum de desarmamento das Nações Unidas que produziu o tratado que proíbe as armas químicas. 
"Ter o regime sírio de Bashar al-Assad a presidir ao desarmamento global de armas químicas e nucleares é como colocar um estuprador em série como encarregado de um abrigo para mulheres", disse Hillel Neuer, director executivo da organização United Nations Watch, organização não-governamental sediada em Genebra. 
O grupo activista anunciou que pretende realizar manifestações de protesto junto à sede da ONU com vítimas sírias dos ataques com armas químicas do seu governo. 
“O uso documentado de armas químicas pelo regime de Assad continua a ser a mais grave violação da Convenção de Armas Químicas na história de vinte anos do tratado”, disse Neuer. 
"Pedimos que a ONU entenda que neste momento em que a Síria está a matar com gás os seus próprios homens, mulheres e crianças, ver a Síria a liderar o corpo mundial que deveria proteger essas vítimas simplesmente chocará a consciência da Humanidade", disse Neuer. 
A UNWatch insta os EUA, Grã-Bretanha, França, Alemanha e todos os outros Estados membros e observadores a recusarem enviar embaixadores para qualquer reunião deste fórum da ONU que seja presidida pela Síria.

O que deve fazer o chefe da ONU Guterres 
O secretário-geral da ONU provavelmente dirá que o cargo é apenas o resultado de uma rotação automática, e que o assunto só pode ser tratado pelos Estados membros. 


NDT: Guterres é o homem ideal para liderar a ONU, de facto:

"'Islamofobia' é a causa do terrorismo", diz Guterres, Chefe da ONU

No entanto, acções tomadas por outros altos funcionários da ONU provam que ele pode manifestar-se. Quando a Síria foi eleita para um comité de direitos humanos da UNESCO em 2013, o líder da ONU afirmou que a eleição estava errada: "Dada a evolução na Síria, o director-geral não vê como é que esse país pode contribuir para o trabalho dos comités"
De acordo com Neuer, "precedentes anteriores mostram que os funcionários da ONU podem agir como a voz moral do mundo quando um comité da ONU toma decisões obscenas que simplesmente lançam uma sombra sobre a reputação da ONU como um todo"
Neuer prevê tentativas de funcionários da ONU de minimizarem o que descreveu como "um conflito fundamental de interesses", ter a Síria como presidente de um fórum de desarmamento, "um acto passível de ser explorado pela propaganda síria, como eles fizeram após outras eleições da ONU, de modo a legitimarem o regime cruel de Assad”
“Um país que viola flagrantemente a convenção sobre armas químicas, e que foi relatado ao Conselho de Segurança da ONU pela Agência Internacional de Energia Atómica pela construção secreta de um reactor nuclear, em violação do Tratado de Não-Proliferação, deve ser impedido de ocupar quaisquer cargos formais em órgãos da ONU que lidam com assuntos vitais como o desarmamento de armas biológicas, químicas e nucleares”, disse Neuer. 
“O regime de Assad simplesmente não pode ter um cargo credível neste ou em qualquer outro órgão das Nações Unidas. O uso de armas químicas mortais na Síria e a sua busca ilegal de armas nucleares, em violação das suas obrigações de desarmamento, contrariam os objectivos e princípios fundamentais da própria Conferência sobre Desarmamento. A presidência da Síria só enfraquecerá a integridade do quadro de desarmamento e das Nações Unidas, e nenhum país deve apoiar isso”
Sobre a Conferência do Desarmamento 
A Conferência do Desarmamento (CD) está sob a dependência da Assembleia Geral da ONU e é considerada pela ONU como “o único fórum multilateral de negociação de desarmamento da comunidade internacional”
Estabelecida em 1979, após uma sessão especial da Assembleia Geral da ONU, a CD é composta por 65 países que têm estado divididos nos últimos anos em questões-chave. 
A conferência e os seus antecessores negociaram acordos importantes de limitação de armas e desarmamento multilaterais como: 
• Tratado de Não Proliferação de Armas Nucleares 
• Convenção sobre a Proibição do Desenvolvimento, Produção e Armazenamento de Armas Bacteriológicas (Biológicas) e Tóxicas e sobre a sua Destruição 
• Convenção sobre a Proibição do Desenvolvimento, Produção, Armazenamento e Uso de Armas Químicas e sobre a sua Destruição 
• Convenção sobre a Proibição Militar ou Qualquer Outro Uso Hostil de Técnicas de Modificação Ambiental 
• Tratado de Proibição Completa de Testes Nucleares

..........................................






2 comentários:

  1. Não se enganem, Assad não é o único culpado:
    https://l.facebook.com/l.php?u=http%3A%2F%2Fdlvr.it%2FQLRQrX&h=ATMPOe3s_oRhh0-3-BKUCaC-kS7fzdViKdVTXZ48PkFB573C2yIrgScKWW_2lSyalH_7lawwRUqw9Mu4oXFbPOHVTbXPfcHafPlT505oJpF9vHZS-sAYwIRqw7M5qa0UO_Za0xG4IC_FGyFd2rpBSA
    Talvez a Síria devesse passar por uma ocupação como o Iraque mas nós vimos o que aconteceu quando os Usa passaram o poder pro povo e vazaram, a ocupação deveria ser demorada, de modo que as novas gerações sejam educadas com os valores americanos de modo que não tenhamos um novo Iraque, não só a Siria mas todas as ditaduras do oriente médio deveriam ser ocupadas por usa e Israel pois a Europa com exceção do leste já está islamizada.

    ResponderEliminar
  2. Mais uma: http://www.chelseafc.com/news/latest-news/2018/04/chelsea-to-join-march-of-the-living-thousands.html

    João Moreira

    ResponderEliminar

Os comentários estão desactivados. As nossas desculpas.

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.