quarta-feira, 25 de abril de 2018

Imã da Dinamarca exige legalização do estupro de crianças




Nada disto é novo, é claro. Por exemplo:

Gaza: Casamento em massa com "noivas" de 6 anos! 

E muito mais...

 

Via BARE NAKED ISLAM:

DINAMARCA: Destacado imã diz: “O estupro infantil deve ser legal porque faz parte de nossa 'cultura' islâmica”
Declarações de 2016, mas mais relevantes do que nunca, considerando o milhão ou mais de imigrantes muçulmanos que entraram na Europa desde então. Noivas muçulmanas trazidas para a Europa pelos seus maridos migrantes, muitas vezes consideravelmente mais velhos, devem ser separadas destes, segundo as leis da Dinamarca, mas um imã de alto perfil exige que o governo aceite "que esta é uma cultura diferente".
 Oussama El-Saadi quer carta verde para estuprar meninas!

FonteUma série de casos recentes de casamentos de homens adultos com meninas de até 14 anos, sancionados pelo Estado dinamarquês, tornou-se um escândalo nacional. Agora, o ministro direitista da imigração Inger Støjberg prometeu que as crianças serão protegidas, separando os casais em que uma das partes tenha menos de 18 anos, tenham ou não casado na Dinamarca - embora a idade de consentimento no país seja apenas 15 anos.
"É completamente inaceitável que haja actualmente menores de idade dentro do sistema de asilo dinamarquês que vivem com os seus cônjuges ou parceiros e pedi ao Serviço de Imigração da Dinamarca que ponha imediatamente um fim a isso", disse Støjberg esta semana.


NDT: "Se um homem muçulmano nos seus 50 anos quiser casar com uma menina de 9 ou 10 anos, e ele tenha chegado à puberdade, é legítimo" - diz o senhor Doutor Abu Ameenah Bilal Philips, da Universidade Islâmica.
Eu sou um homem adulto e esse ogre aí em cima dá-me calafrios, agora imagine uma criança de 9 0u 10 anos a ser estuprada por esta Besta Hedionda dos Infernos!
 E sim, o estupro de crianças é 100% islâmico. Clique o confira o Top-10 dos mais pacíficos mandamentos da Religião da Paz:

A jovem Rawan morreu na noite de núpcias, da violência do estupro da besta dos infernos do seu "marido" de 40 anos.

Em pelo menos um caso, um marido adulto foi autorizado a estar com a sua jovem esposa grávida, sob supervisão, e em outro caso as autoridades foram enganadas sobre a idade da esposa e ela foi autorizada a viver com o marido num alojamento de migrantes, sem controle.
É relatado que oito crianças casadas em centros de asilo dinamarqueses já estão grávidas ou deram à luz. O governo está agora a planear deportar homens migrantes que se casam e engravidam crianças, enquanto dão refúgio às meninas.
Apesar da forte reacção dinamarquesa à prática de casar crianças entre alguns migrantes, o imã Oussama El-Saadi, da mesquita de Aarhus, disse que o governo dinamarquês deve relaxar as suas leis e respeitar as famílias migrantes, independentemente da idade das noivas.
Falando ao jornal dinamarquês Metroxpress, o Imã disse: “Deve-se olhar para estes casos de uma perspectiva diferente. É uma situação humanitária extraordinária e acho que vocês têm que cuidar dessas famílias. Eles são casados ​​e mesmo que o homem seja duas vezes mais velho, eles construíram uma família. Temos que aceitar que é uma cultura diferente e não podemos destruir a vida familiar ”.

(Um bode velho a estuprar uma criança, é "vida familiar"!)

Sahar Gul, uma noiva-criança afegã que foi enclausurada, torturada, queimada com ferros em brasa, teve as unhas arrancadas e os dedos partidos.
A extrema-esquerda entende que "não temos o direito de intervir nestes hábitos culturais" e temos o dever de os permitir e facilitar nos nossos países. Em Portugal, a mutilação genital feminina e os "casamentos" de meninas com estes pedófilos nojentos, foram há muito censurados nos media. O Islão é intocável!

O casamento de crianças pequenas com homens mais velhos aumentou com a chegada de culturas estranhas e desconhecidas à Europa, disse o imã, mas também foi um efeito colateral da crise migratória. Ele disse: “Se olharmos para a situação no campos de refugiados, muitas vezes é preenchida com violência e incerteza. Então, se a sua filha se casa cedo e consegue um homem, isso pode dar à família uma situação mais segura”.


Nujod Ali foi vendida no Iémen como noiva, pelo seu pai, aos 9 anos. Foi estupradapelo "marido", e aos 10 anos foi mandada embora por este. O pai já vendeu a irmã mais nova. Que cultura vibrante e maravilhosa, não é???


O Imã é da opinião de que as meninas que se casam cedo durante a crise dos migrantes são mais protegidas do que as que não casam, mas acrescentou que ele não permitiria que a própria filha se casasse antes dos 18 anos.
A mais jovem criança casada entre as que buscaram asilo na Dinamarca até agora tinha 14 anos, mas outros Estados do norte da Europa tiveram problemas semelhantes, e piores. A Noruega viu dezenas de crianças migrantes chegarem em 2015, com uma menina de casada de apenas onze anos de idade. A maioria das crianças casadas veio da Síria, Iraque e Afeganistão, conforme relatado pela Breitbart London na época.


Enquanto isso:

Primeiro governo FEMINISTA do Mundo desfila em hijab para o Presidente iraniano


Consulte a nossa secção CRIANÇAS e veja as delícias que o Islão nos traz!
Este filho da puta deste pedófilo de merda, perdão, este digníssimo clérigo da Religião da Paz, explica que no Islão as meninas podem casar a partir de 1 ano de idade:


E se eles tratam as deles como sabemos, logo desde o berço, as nossas tratam assim:

Violadores maometanos estupraram 1 milhão de crianças só no Reino Unido. As carinhas dizem tudo!

1 comentário:

Os comentários estão desactivados. As nossas desculpas.

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.