quarta-feira, 24 de junho de 2015

Assobiam para o lado

 Uma cena do vídeo de propaganda do Estado Islâmico hoje divulgado

Hoje, o ISIS (o Estado Islâmico), divulgou mais um dos seus vídeos promocionais (para captar adeptos), e de propaganda (para aterrorizar os infiéis), em que exibe execuções de inocentes, com requintes de crueldade que nos deixaram fisicamente agoniados (veja uma descrição ligeira, por exemplo, no CORREIO DA MANHÃ). 

ISIS, Hamas, Boko Haram, Irmandade Muçulmana, Fatah, Boko-Haram, Al-Qaeda, etc., são uma e a mesma coisa.

O ISIS É O HAMAS; O HAMAS É O ISIS:



ISIS e Hamas - extremistas sunitas, filiados na Irmandade Muçulmana, pretendem destruir Israel, abatem civis, ameaçam jornalistas, matam os inimigos com crueldade máxima, odeiam patologicamente os judeus, preferem a Sharia aos Direitos Humanos, almejam o Califado Global reinante sobre o Mundo Islâmico, o Ocidente e Israel:
E OS "INDIGNADOS"?...

Perante mais esta demonstração de horror, onde estão as manifestações de repúdio por parte da Santíssima Trindade do Mal - os jihadistas, a extrema-esquerda e os nazis? Assobiam para o lado!

 

O Chico Louçã na manife de apoio ao Hamas, no Verão de 2014

  Onde está a indignação do Louçã e dos seus amigos de extrema-esquerda e islamistas?  


 
O jornalista (???) Nuno Lobito, grande admirador do Hezbollah e incansável propagandista do ódio aos judeus.

Onde está a indignação dos jornalistas engagèe, como o anti-semita raivoso Nuno Lobito, que divulga como boas todos o tipo de PALHAÇADAS Pallywoodescas

Isabel Moreira, numa bela foto... que lhe valeria execução imediata em Gaza. (Nota: divulgamos a foto - que até achamos artística - apenas porque foi a própria a publicá-la. E nada contra!).
Onde está a indignação de Isabel Moreira, a deputada de extrema-esquerda do Partido Socialista, que subscreveu um voto de condenação contra Israel, no Parlamento, a propósito da Operação Protecção-Limite? (ver post anterior).

AGUARDA-SE INDIGNAÇÃO...

Os irmãos Tsarnaev, autores dos atentados na Maratona de Boston. O terceiro terrorista, um saudita, foi visitado por Michelle Obama no hospital e embarcou de volta à sua terrinha.
Devem estar todos a guardar a indignação para a condenação à morte do terrorista sobrevivente dos atentados na Maratona de Boston, que  ocorreu hoje, também.
Em entrevista à CNN, a senhora Zubeidat Tsarnaeva, mãe de dois dos terroristas que puseram bombas na Maratona de Boston, afirma alto e bom som que "não se importa que os filhos tenham morrido, não se importa de morrer, e que Allahu Akbhar!".

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.