quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Pavlov revisitado



Há problemas? A culpa é de Israel. Sempre. Da crise financeira mundial à morte de um terrorista do Hezzbollah - que a Imprensa mainstream chora em grande pranto...

Um membro de alto escalão do Hezbollah foi morto do lado de fora de sua casa.
O chefe do Hezbollah, Hassan Nasrallah, ao estilo de reflexo condicionado, acusa Israel. Mas a Autoridade Palestina sugere que há outros suspeitos a considerar:
Este assassinato a tiro acontece quando o Líbano enfrenta uma crescente violência sectária que transborda da guerra civil na vizinha Síria, onde as forças do Hezbollah lutam ao lado das tropas do presidente Bashar Assad, irritando os rebeldes - principalmente sunitas - que procuram derrubá-lo. Redutos do Hezbollah têm sido alvo de ataques com carros-bomba e suicidas atacaram a embaixada iraniana em Beirute no mês passado, matando 23 pessoas.

Grupos militantes sunitas reivindicaram a responsabilidade por esses ataques, chamando-lhes retaliação pelo envolvimento do Hezbollah na Síria.

Está visto que vamos ter mais um caso ao estilo do envenenamento do mega terrorista Arafat...

P.S. - Tem estado muito frio. Vejam lá se estão quietos com a máquina aí em Israel, judeus!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.