sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Guerra Demográfica



Muhammar Kadafi: "Não precisamos de terroristas, não precisamos de bombistas suicidas. os mais de 50 milhões de muçulmanos na Europa tornarão este um continente islâmico em poucas décadas".
- Ver também: Na minha casa mando eu!

 




------------------------------

 

Há neste momento 52 milhões de muçulmanos na Europa. A reproduzirem-se ao ritmo exemplificado por esta senhora e as suas co-esposas, brevemente desapareceremos. Não me insultem, sff. É simples aritmética. Caso estejam interessados em que desapareçamos como Civilização e demos lugar a outros, é vosso direito. Há supremacismos para todos os gostos. 




É aceitável que retirem os filhos à mãe?, pergunta a brigada politicamente correcta.  

Lembremos que:
- Há pessoas que trabalham e querem trabalhar, que cumprem a Lei, que são cidadãos ordeiros e que não têm filhos porque não podem, porque não têm dinheiro que chegue, na actual conjuntura financeira. E mesmo em condições financeiras sustentáveis, as pessoas responsáveis não deitam ao mundo dezenas de filhos.

Enquanto isso, há mulheres que engravidam sucessivamente de homens diversos e  que atiram sobre os ombros de quem trabalha e paga impostos a responsabilidade de os sustentar a todos. E há homens que fazem filhos às dezenas largas nas anteriores mulheres, que não assumem qualquer responsabilidade em os educar e sustentar, e que como se não bastasse se dedicam a não fazer nada, ou ao crime.

Os rebentos amanhã repetirão o processo, distorcendo a função do Estado Social, que é de amparar quem precisa, e não sustentar malandros!

De facto, «fere os mais elementares direitos humanos»! Os das pessoas honestas, ordeiras e trabalhadoras!

No caso presente:

- A senhora está ilegalmente no país e não faz a mínima intenção de fazer outra coisa a não ser procriar. Por isso, quem está indignado por se ter retirado os filhos e pela requerida laqueação de trompas, que leve imediatamente a senhora, o marido, as supostas esposas do marido*, e as dezenas de filhos para sua casa, e os sustente a todos.

Mais ainda:

Este procedimento é habitual! Por muito menos que esta situação calamitosa retiram-se filhos às famílias! Este caso só levantou hiperbólicas indignações porque a senhora é estrangeira - e muçulmana, o que despoleta nalguns sectores um estranho sentimento de submissão e servilismo, sabe Deus porquê...

'Tá-se bem é na terra dos infiéis:

1 comentário:

  1. o 1 vídeo que fala sobre a demografia está muito bem feito, explica muito bem, só peca por um defeito. O autor não deixou da descrição do YouTube os links da Divisão Populacional da ONU de onde os dados foram retirados, por isso fica uma sensação de teoria da conspiração.
    O objectivo da ONU é manter indices psu em valores sustentáveis para a economia

    United Nations projections indicate that over the next 50 years, the populations of virtually all countries of Europe as well as Japan will face population decline and population ageing. The new challenges of declining and ageing populations will require comprehensive reassessments of many established policies and programmes, including those relating to international migration.
    Focusing on these two striking and critical population trends, the report considers replacement migration for eight low-fertility countries (France, Germany, Italy, Japan, Republic of Korea, Russian Federation, United Kingdom and United States) and two regions (Europe and the European Union). Replacement migration refers to the international migration that a country would need to offset population decline and population ageing resulting from low fertility and mortality rates.
    Link geral
    http://www.un.org/esa/population/publications/migration/migration.htm

    Capa / Prefácio / Índice
    http://www.un.org/esa/population/publications/ReplMigED/Cover.pdf

    EXECUTIVE SUMMARY
    http://www.un.org/esa/population/publications/ReplMigED/ExecSumnew.pdf

    I. OVERVIEW OF THE ISSUES
    http://www.un.org/esa/population/publications/ReplMigED/chap1-overview.pdf

    II. LITERATURE REVIEW
    http://www.un.org/esa/population/publications/ReplMigED/chap2-Litrev.pdf

    III. THE APPROACH:
    METHODOLOGY AND ASSUMPTIONS
    http://www.un.org/esa/population/publications/ReplMigED/chap3-Approach.pdf

    European Union
    http://www.un.org/esa/population/publications/ReplMigED/EU.pdf

    CONCLUSIONS AND IMPLICATIONS
    http://www.un.org/esa/population/publications/ReplMigED/chap5-Concl.pdf

    o 2º vídeo deve ser muito interessante mas foi retirado :(

    ResponderEliminar

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.