terça-feira, 15 de maio de 2018

Obrigado, Maria Vieira!


Nunca tínhamos falado de Maria Vieira, a quem muito admiramos, e não é de agora. Além de excelente actriz e excelente pessoa, é uma mulher de grande coragem, que prova (se preciso fosse!) que não há sexo forte nem sexo fraco. 
Em Portugal, a Maria Vieira é a ÚNICA voz  no meio artístico, cultural e afins (e uma das únicas vozes em absoluto) que se opõe à investida da extrema-esquerda e do islamismo dito radical, e que tem a CORAGEM de não diabolizar Donald Trump. Entre outras posições de muito mérito e lucidez.
Por causa disso, tornou-se uma proscrita, a vítima preferida da corporação jornalística, quase toda ela ao serviço da extrema-esquerda e da islamização da Europa. 
Nunca tínhamos falado na Maria Vieira, para que (embora sejamos insignificantes) não viesse alguém acusá-la de apoiar Israel (o que é actualmente um crime comparável a apoiar Trump ou a não ser de esquerda). 
Não queríamos prejudicar a Maria Vieira em nada. Finalmente podemos hoje falar dela e reiterar a nossa profunda simpatia, admiração e gratidão.
Os jornalistas estão de armas apontadas a Israel e aproveitam tudo, até a canção de Israel no recente Festival da Eurovisão,  que consideram "uma das mais criticadas e controversas" A canção liderou a bolsa de apostas e nada tem de controverso, é apenas uma patetice ligeirota, igualzinha a todas as outras que concorrem a festivais.
Só se tornou "criticada e controversa" a partir do momento em que os comunistas do Bloco de Esquerda e outros nazis da mesma laia resolveram expelir todo o seu ódio anti-semita e miséria moral para cima dela.

Também não nos tinha passado despercebida a campanha suja do Salvador "SOS Refugees" Sobral contra Israel.  

O IDIOTA apoia a Islamização da Europa


E até faz o sinal do ISIS com o dedinho...



E também notámos, com muita alegria, a enorme azia que o Salvadorzinho dos Peidos sentiu ao entregar o prémio à vencedora, com um sorriso amarelo, de fugida.  
Até lhe recomendámos disto:


Para o ano (Eurovisão) em Jerusalém!



Mas a Maria Vieira foi mais explícita (e subscrevemos integralmente as suas palavras):

 “(…) Acabo de saber, através das redes sociais, que Israel sai vencedora este ano com uma canção desta miúda gordinha e muito simpática e não quis deixar de vir aqui manifestar a minha enorme alegria pela vitória de Israel, por tudo e por mais alguma coisa, mas sobretudo por saber que os idiotas do Bloco de Esquerda que andaram a boicotar a canção da miúda de Israel, saem humilhados e esculhambados pelo resto da Europa que elegeu a canção do país que eles detestam mas que o resto do mundo admira pela coragem, pela determinação e pela resistência contra aqueles, muitos, que os querem destruir! Hoje e sempre eu serei ISRAEL!!!!”.
E que prazer tão grande eu tive por ver na NET o IDIOTA, sim, o IDIOTA do Salvador Sobral (que vergonhosa e lamentavelmente disse mal desta miúda vencedora) ter que engolir um sapo do tamanho de um elefante e que entregar o troféu àquela que ele desrespeitou e tentou descredibilizar e humilhar!!! Isso foi o melhor que este festival da Eurovisão teve, com toda a certeza! Viva Israel! Viva a liberdade! Viva o mérito, a competência e o talento que uns têm e que outros jamais terão!”.


Que Deus a abençoe e a toda a sua família, caríssima Maria Vieira.  Obrigado pela sua coragem. Que Deus lhe pague por estar do lado do Bem e da Verdade.


Quanto ao Salvador: Cresce, rapaz. Deixa de ser um IDIOTA manipulado,  que ainda vais a tempo. Se eu consegui, tu também consegues! ;-) 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Os comentários estão desactivados. As nossas desculpas.

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.