segunda-feira, 20 de março de 2017

Khomeini denuncia mais uma "conspiração sionista"


Khomeini diz que mundo ocidental vê as mulheres como «bens pessoais»
O líder espiritual e político do Irão, o Ayatollah Seyyed Ali Khomeini, declarou, este domingo, que existe uma conspiração sionista no mundo ocidental para tratar as mulheres como «um bem pessoal».
«Fazer das mulheres um bem pessoal, de gratificação e de comodidade é quase de certeza um plano sionista que visa destruir a sociedade humana», declarou. 
«Homens e mulheres não são diferentes no que toca à ascendência espiritual e o talento para liderar e deter poder. No Ocidente, aqueles que procuram a igualdade do género arrependeram-se da corrupção que isso traz», acrescentou.
As declarações foram feitas, este domingo, o dia de nascimento da filha do profeta Maomé, Fátima.
Fonte: A Bola 

------------------------------------------------------

- Em primeiro lugar, um bocadinho de Sionismo:


- Em segundo lugar, aconselhamos energicamente a leitura de:
Os dez principais preceitos do Alcorão que oprimem e insultam as mulheres
E a nossa humilde secção MULHERES

- Sobre a condição da Mulher no Irão (e no Islão), fica aqui uma brevíssima pincelada:
Este vídeo mostra como era o apartheid contra os Negros na África do Sul, e como é o apartheid contra as Mulheres no Irão islamista:


- Segundo a lei iraniana, a vida de uma mulher vale metade da de um homem.
- Só o testemunho de duas mulheres é igual ao de um homem.
- A mulher não tem direito a divorciar-se.
-  A idade de imputabilidade criminal é de 15 anos para os rapazes e 9 para as meninas.
- Os homens podem casar com 4 mulheres e ter quantas mulheres temporárias quiserem
Na África do Sul durante o apartheid, os Negros eram cidadãos de segunda classe. No Irão, as Mulheres nem isso são. Imagine que era a sua mãe, esposa ou irmã. Alguma mulher merece ser tratada assim?


Estudante iraniana  apanhou três anos de cadeia, porque recusou a usar véu islâmico. A jovem Nazanin foi várias vezes espancada e estuprada:


O Islão e as Mulheres: 
"Os homens são os proprietários das mulheres, porque Alá os fez melhores do que os que elas e os homens gastam dinheiro com elas. As mulheres justas são, portanto, obedientes, guardando o segredo que Alá tem guardado. As mulheres que forem desobedientes, repreende-as, tira-as da cama e bate-lhes" - Alcorão  4:34
Narrou Abdullah bin 'Umar - O Apóstolo de Alá disse: "O mau presságio está nas mulheres, na casa e no cavalo". (Bukhari V7 B62 N30) 
Narrou Usama bin Zaid - O Profeta disse: "Perante mim jamais vi qualquer aflição mais prejudicial para os homens do que as mulheres." (Bukhari V7 B62 N33) 
"Oh mulheres, dêem esmolas, porque eu vi que a maioria dos moradores do fogo do Inferno eram vocês (mulheres) ... Amaldiçoais com frequência e sois ingratas para com vosso maridos. Nunca vi ninguém mais deficiente em inteligência e religião, e um homem cauteloso e sensato deve afastar-se de vós .... " (Bukhari V1 B6 N301) 
É permitido estuprar as mulheres, mesmo que não sejam solteiras: "Quantas tuas mão direitas possua", no Islão, significa mulheres tomadas como espólio de guerra, escravas sexuais. Os muçulmanos podem ter quatro esposas e as escravas sexuais que quiserem.
"Também são proibidas as mulheres já casadas, excepto as que as vossas mãos possuam. Assim, Alá ordenou contra vós; excepto estes, todos os outros casos são legais, desde que os busqueis como dons de vossas propriedades (...) não há culpa em vós, pois Alá é Omnisciente, Todo-sábio. " Alcorão 4:24
Narrou Abu Said Al-Khudri: "Capturamos mulheres como despojos de guerra e fazemos coito interrompido com elas. Então, fomos perguntar ao Apóstolo de Alá sobre isso e ele disse: "Vocês realmente fazem isso?" Repetindo a pergunta três vezes, disse: "Não há alma que esteja destinada a existir, mas que venha a existir, até o Dia da Ressurreição". (Bukhari V7 B62 N137) 
Punição para as Mulheres: 
"Se alguma de vossas mulheres for culpada de luxúria, tomai contra vós testemunhos de quatro testemunhas (confiáveis), e se testificarem, confinai-as em casas até que a morte as reivindique, ou Alá ordene por elas algum outro, caminho." Alcorão  4:15
Homens muçulmanos podem ter quatro esposas: 
"Casai com mulheres de vossa escolha, duas ou três ou quatro (...)" Alcorão 4: 3 
O Profeta Maomé tinha mais mulheres: 
Narrou Anas: O Profeta costumava correr  (leia-se ter relações sexuais com) todas as suas esposas numa noite, e ele tinha nove mulheres. (Bukhari V7 B62 N6) 
Explorar sexualmente mulheres não muçulmanas para lucro (proxenetismo) é permitido (mulheres tomadas como despojos de guerra): 
"Não obrigues as vossas escravas à prostituição, quando desejam ser castas, a fim de buscarem o frágil bem da vida deste mundo (e a seguir vem a carta branca para o proxeneta) mas quem as forçar, então certamente depois da sua compulsão, Alá será Indulgente e Misericordioso". Alcorão 24:33

No século 7, tudo isto estava mais ou menos dentro da mentalidade vigente. O problema é que, no Islão, o tratamento das Mulheres nunca se modificou. Ver por exemplo:
"Quando eu quero uma escrava sexual, vou ao mercado e compro-a!"






Mas é claro que é tudo uma "conspiração sionista"...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.