domingo, 25 de setembro de 2016

TV sueca apela à substituição populacional


Vemos diariamente nas Televisões uma propaganda em massa à invasão islâmica da Europa, mascarada de "refugiados sírios" - que de sírios e de refugiados não têm nada, e que não se "refugiam" nos vastíssimos e riquíssimos países islâmicos.
A campanha de islamização e substituição populacional da Europa já é oficial. O governo de extrema-esquerda hippie da Suécia é um dos que têm dado todo o apoio a esta campanha de engenharia demográfica e genocídio cultural.
Há muito que avisamos que a Esquerda vê nos colonos muçulmanos o novo "proletariado" para a sua Revolução.
---------------------------
Na TV sueca passa agora esta campanha de propaganda, que é apenas mais um capítulo desta lamentável história:




Vídeo original retirado pelos islamo-fascistas do Youtube/Google. Segundo o site "O Novo País" eis o que será a Suécia (tradução do vídeo):

- Não há como voltar atrás. A Suécia nunca será como dantes. Esta é uma constatação sobre o mundo que nos rodeia.
- A Suécia é um lugar seguro para os perseguidos. O que fazia falta a alguns. Pensar sobre o passado é bom, e falar também...
- Mas temos de seguir em frente, encontrar uma maneira de viver juntos. Hoje em dia, na Europa e na Suécia, as coisas mudaram.
- É hora de perceber que os novos suecos terão uma nova cultura, língua e tradições, e é hora de ver isso como uma força positiva. Este "novo país" moldará um novo futuro.
- Ser sueco não deve uma questão de cor da pele e local de nascimento. Deve ser tu, eu e todos juntos. 
- Não são apenas os novos suecos que devem ser ser integrados. Todos devem ser integrados, mesmo os suecos étnicos.
- Integração não significa que um deve adaptar-se ao outro, ou que todos devem pensar, fazer e reagir da mesma forma.

- A integração é uma questão de reuniões e encontros reais que requerem reciprocidade.
- Criemos um futuro baseado tanto na realidade quanto nas esperanças para o futuro.
- Formulemos um maior sentido de "nós" e construamos um país onde o ódio e o medo sejam postos de lado. Temos todo o novo país dentro de nós, no nosso modo de ver as coisas, nos nossos pensamentos e acções. É hora de construirmos juntos um país que se orgulhe de ser inclusivo e sustentável.
- Algo de novo.

Le nouveau pays.

Agradecimentos à EUROPE-ISRAEL.

- Esta cantata hippie-comunista, na prática, tornou a Suécia o segundo país do Mundo com maior número de estupros de crianças e mulheres, perdendo apenas para a Nigéria:
Os perpetradores são os colonos muçulmanos. Com o aplauso do governo sueco, que até se ri do facto:
Islamizar é preciso: Asa Romson, vice-primeira-ministra sueca, entre os seus irmãos hippies. Talvez esta gente tenha ficado assim por causa das drogas, mas os outros não têm a culpa.

  Releia também:

Hippies e Terroristas - paixão assolapada!

Matar à facada NÃO É terrorismo! *

* - Dependendo de quem são as vítimas...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.