quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Abate ritual islâmico faz correr rios de sangue


Rios de sangue, o sonho islâmico. Se fosse em Israel, abria os telejornais todos!

Se o estado de evolução de uma Civilização pode ser avaliado pelo modo como trata os animais, o Islão excede todos os limites de malvadez. 
Em nome do politicamente correcto, no Ocidente é proibido questionar o tratamento que os animais recebem no Islão. E os que por cá comem carne, são obrigados a comer carne halal*, proveniente de animais abatidos com o máximo sofrimento possível, como ordena o Islão.
* - VER SITE BOYCOTT HALAL (COM VÍDEOS).
Daí a popularidade de posts como este:

Ana Vegana Canibal

Daí também que o grosso da lamentável classe profissional dos Jornalistas (muito bem paga pelas potências petrolíferas) omita todas as notícias sobre os maus tratos aos animais perpetradas pelo Islamismo (o que não é de admirar, pois até as atrocidades contra pessoas eles escondem o quanto podem).

Nos países islâmicos, mesmo os animais que não são para consumo - como por exemplo cães, gatos, burros, etc. - são perseguidos, torturados (nomeadamente crucificados), exterminados, estuprados (vídeo removido, substituímos por outro: o costume, os muçulmanos odeiam a verdade), etc.. Tudo no cumprimento da lei islâmica.

Não vemos muitas notícias destas na Imprensa politicamente correcta (e esta é apenas uma dentre milhares).
Excerto do India Today:
Os cidadãos de Dhaka testemunharam uma visão horrível por ocasião da celebração do Eid al-Adha na terça-feira.
Chuvas e animais sacrificados por toda a cidade criaram uma cena terrível de rios de sangue nas ruas da cidade.
Inundações em muitas partes da cidade misturaram-se com sangue após os sacrifícios dos animais, criando a cena perturbadora. As partes inundadas da cidade davam uma impressão parecida com rios de sangue.
Apesar das chuvas intermitentes, os cidadãos aglomerados nas mesquitas ofereceram orações e prosseguiram com os sacrifícios rituais:


É possível que este vídeo amanhã já não esteja disponível. Os vídeos que mostram a realidade da lei islâmica devidamente ilustrada com FACTOS, são sistematicamente removidos pelo poderoso lóbi islamo-esquerdista.
Um leitor do India Today escreve:
Esta é a verdadeira face do Islão .. Matar, matar e matar ... não há amor pela vida no Islão... e estes "seculares" nunca se atrevem a levantar quaisquer problemas com os rituais islâmicos, que não são menos bárbaros do que os dos tempos medievais., quando as tribos muçulmanas sacrificavam seres humanos ...

Todo o mundo está a tornar-se ISLÂMICO, porque os mosquitos reproduzem-se... E vejam o resultado: sangue por toda parte!

Se este festival macabro tivesse lugar no Mundo Livre, seria fortemente contestado. E se fosse em Israel, morreriam judeus por todo o Mundo. Mas os muçulmanos, esses, podem. Porque eles "têm a sua cultura".
Mais fotos do India Today:






Gostaríamos de saber a opinião dos extrema-esquerdistas pintados de verde do PAN (Partido dos Animais e da Natureza) sobre este lindo espectáculo... 

-------------------------------
E como é que queremos que os jornalistas falem das atrocidades contra os animais, se eles omitem tudo quanto podem das atrocidades contra pessoas, nomeadamente o Holocausto, o canibalismo e os matadouros de cristãos?

“MATADOUROS ISLÂMICOS HUMANOS” PARA CRISTÃOS

"Chamem-me odiador se quiserem, mas... quando foi a última vez que viram alguém não muçulmano a segurar uma cabeça humana?".

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.