segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

'Portugueses Primeiro' - Substituição Populacional (e EURISLAM)

A Substituição Populacional:





Vídeo do movimento Portugueses Primeiro *

* - Ai que fasssistas que nós somos!!! Os portugueses devem vir em último! Sério: se você só sabe pensar por meio de slogans, este post não é para si.

O EURISLAM:

União Europeia lança "Eurislam" - o projecto de islamização da Europa


Para que conste: Não somos partidários do egoísmo, do "cada um por si". Concordamos totalmente com a inter-ajuda entre países, aprovamos inteiramente a ajuda humanitária, defendemos intransigentemente que todos os seres humanos são iguais em dignidade, temos dado exemplos de ajuda aos (verdadeiros) refugiados da guerra na Síria (nomeadamente por Israel) que acolhe nos hospitais e os tem acolhido e integrado na Sociedade, no seu minúsculo território.
Mas já é proibido questionar:
1) Porque é que a esmagadora maioria dos refugiados da Síria não vem sequer da Síria?
2) Porque é que mais de 80% deles são homens jovens?
3) Porque é que os riquíssimos países Árabes não recebem NEM UM migrante/refugiado, o que quer que queiram chamar?
4) Porque é que, sabendo-se que o ISIS envia terroristas e falsos refugiados, continuamos a deixar entrar sem questionar?

Porque é que os supostos refugiados da Síria não passam simplesmente a fronteira para a riquíssima Arábia Saudita e países do Golfo?



A CUMPLICIDADE DOS MEDIA NA SUBSTITUIÇÃO POPULACIONAL
Nota em 3/3/2017: Os islamofascistas do YouTube retiram os vídeos, é claro. O que só prova que estamos a viver um novo nazismo:

  

Este blogue é sobre Israel, mas, como portugueses que somos, e sem desprimor para ninguém, temos focado bastante a Islamização da Europa, que também atinge o nosso país (e que de há muito atinge Israel, pois a táctica nº 1 dos islamistas é a Guerra Demográfica):

A Invasão que eles escondem - 1


A Invasão que eles escondem - 2


A Invasão que eles escondem - 3


A Invasão que eles escondem - 4


A Invasão que eles escondem -conclusão

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.