quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Diálogo inter-religioso na Grécia...

 desecratedicons.jpg
Algumas confissões religiosas cristãs também fazem isto. No Brasil, pelo menos e que saibamos, há crentes evangélicos pentecostais que invadem igrejas católicas ou terreiros de Umbanda e destroem as imagens à martelada, por consideraraem que se trata de "crime" de idolatria. Na Europa começam a aparecer casos do mesmo género levados a cabo por crentes muçulmanos; crentes cristãos apedrejados à saída da igreja, templos profanados, etc..
Causa desalento que, quando as igrejas cristãs se afadigam no diálogo inter-religiosos com os muçulmanos, estes acasos ocorram e não tenham firme e rápida condenação. Esperemos que não piore...
"Na capital da ilha de Creta, igrejas vandalizadas e ícones queimados" 
Pravoslavie, 22 de Novembro
    Casos de vandalismo nas igrejas de Heraklion e graffiti em árabe deixadas pelos criminosos, que se tornaram mais frequentes, estão a preocupar as autoridades e a Arquidiocese de Creta, relata a Sedmitza.ru , citando a agência grega Romphea.

    
Outro crime desse tipo foi cometido na pequena igreja de St. Marina, não muito longe da aldeia de Avgenika.

    
Como aconteceu nos casos anteriores, os criminosos ou criminoso agiu da mesma forma: os ícones dentro da igreja foram removidos das paredes, empilhados sobre o altar, em seguida, encharcado com um líquido inflamável e incendiados, relata o jornal Patris.

    
Além disso, os criminosos deixaram graffiti nas paredes, em Árabe.

    
O ataque de vandalismo aconteceu ao meio-dia . O crime foi descoberto pelos moradores da vila, que viram o fumo da queima dos ícones a sair das janelas da igreja. Eles também relataram que tinham visto um carro estranho perto Avgenika.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.