segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

Aliança Vaticano-Islão



Se não está a par das peculiaridades do actual Papa, aconselhamos o vídeo acima, e a nossa secção Papa Francisco
Confirmes, não creia em nós. Ouça o que mais John Paul Watson tem para dizer sobre o actual Papa (nomeado Defensor do Islão e admirador assumido do ISIS, que compara aos Apóstolos), e pense por si.

-----------------------------------
Erdogan e o Papa formam Aliança anti-Trump para controlar Jerusalém 
Breaking Israel News - as notícias sob a perspectiva Bíblica (hiperligações no artigo original).
A recente reunião entre o presidente turco, Recep Tayyip Erdoğan e o Papa Francisco pode ter graves implicações para Jerusalém, já que ambos os líderes parecem estar a construir uma agenda com base na sua oposição conjunta ao reconhecimento do presidente dos EUA, Donald Trump, da cidade como a capital de Israel.
A reunião, que aconteceu no Vaticano, foi significativa na medida em que foi a primeira visita de um chefe de Estado turco desde que as relações diplomáticas entre o Vaticano e a Turquia foram estabelecidas em 1960.
Um comunicado divulgado pelo Vaticano diz que ambos os líderes também usaram a ocasião para "discutir o estatuto de Jerusalém, destacando a necessidade de promover a paz e a estabilidade na região (Médio Oriente) através do diálogo e da negociação, no respeito dos direitos humanos e do direito internacional".


Curdos protestaram perto do Vaticano,  enquanto o Papa recebia o responsável pelo genocídio deste povo.

Tanto Erdogan como o Papa Francisco se opõem à decisão do presidente dos E.U.A. Donald Trump de reconhecer Jerusalém como a capital de Israel. Erdogan respondeu à iniciativa de Trump pedindo uma reunião de emergência da Organização de Cooperação Islâmica. A cimeira, realizada em Istambul, declarou "Jerusalém Oriental como a capital do Estado da Palestina" e exortou "todos os países a reconhecerem o Estado da Palestina e Jerusalém Oriental como sua capital ocupada".


Na corrida islâmica para re-estabelecer o Califado Global, interrompido há menos de um século, os turcos depositam grandes esperanças de que Erdogan reerga o Império Otomano.

A Organização de Cooperação Islâmica também declarou a decisão de Trump "nula e sem efeito legal" e "uma ameaça deliberada a todos os esforços de paz" que dará um ímpeto ao "extremismo e ao terrorismo".
Erdogan, que falou por telefone com o Papa nessa ocasião, expressando as suas preocupações sobre Jerusalém, exortou o Vaticano na reunião da passada segunda-feira  a ajudar a Turquia e o mundo muçulmano a "preservar o estatuto de Jerusalém".
"Precisamos de trabalhar juntos para preservar o estatuto de Jerusalém", disse Erdogan ao Papa Francisco. "As mensagens que transmitirá ao mundo católico sobre este assunto são importantes", disse Erdogan, enfatizando que ambos os líderes concordaram em continuar os esforços conjuntos.


Se o Papa Francisco admira Maomé e o ISIS, o ditador Erdogan admira abertamente Hitler. E age em conformidade:

 

Actualmente, a Turquia ocupa a presidência da Organização de Cooperação Islâmica (OIC), uma coligação de 57 Estados muçulmanos. O islamismo é actualmente a segunda maior religião do mundo com 1,6 biliões de seguidores, e uma aliança com o catolicismo, que tem 1,2 bilião de adeptos em todo o mundo, pode vir a exercer uma força formidável para promover uma agenda anti-israelita sobre Jerusalém.
Além disso, embora o Vaticano tenha uma influência enorme internacionalmente, não tem forças armadas. Essa deficiência poderia ser compensada por uma aliança com a Turquia, que tem o maior poderio militar da região.


"Islão não é terrorismo" - dizem Erdogan e o Papa Francisco, enquanto os cristãos estão a ser alvo de um Holocausto que ameaça suplantar o dos judeus sob o nazismo.

Prolífico autor e educador sobre o Fim dos Tempos, o rabino Pinchas Winston observou que uma aliança entre catolicismo e islamismo estava predita, como um passo essencial no processo de Mashiach (Messias).
O rabino Winston referenciou uma obra que detalha o processo da redenção messiânica, chamado Kol Hatur (Grito da Rola). Foi escrita no século 18 por Hillel Rivlin de Shklov, um discípulo próximo do rabino Elijah ben Solomon Zalman, o rabino principal dessa geração, conhecido como Vilna Gaon.
"Este encontro não faz sentido historicamente ou logicamente, visto que que o Islão e o Catolicismo estiveram em guerra por um milénio", disse o rabino Winston ao Breaking Israel News. "Especialmente não faz sentido já que eles lutaram em Jerusalém durante toda a Idade Média durante as Cruzadas".
"Mas, como estamos na era de Geula (Redenção), eles estão a aproximar-se, precisamente como descrito pelo Gaon de Vilna ".



O Rabino Winston explicou que a vinda de Mashiach consiste principalmente em duas etapas. O retorno a Israel ocorre durante a primeira etapa, com Moshiach ben Yosef (Messias da casa de José) e a segunda etapa com Mashiach ben David (Messias da casa de David).
"Moshaich ben Yosef e Moshiach ben David são descritos como o shor (touro) e o chamor (burro) para Mashiach, do lado da kedusha (santidade)", observou. "Os seus homólogos são Esaú e Ismael, que são o shor e o chamor do lado da tumah (impureza)".
"Assim como os dois Messias aparecerão no final dos dias, Esaú, que é representado pela Igreja Católica, e Ismael, que é representada pelo Islão, aparecerão juntos no fim dos dias".
Apesar do conflito entre eles durante um período de cerca de 1.500 anos, Ishmael e Esau realmente forjaram uma aliança há quase 4.000 anos, quando o último se casou com a filha do primeiro.

 Então Esaú foi a Ismael e levou Mahalath, filha do filho de Ismael, filho de Avraham, irmã de Nebaioth, para ser sua esposa.

O rabino Winston explicou que essa união improvável constituída por duas forças opostas será facilitada pelo erev rav (multidão mista), em grande parte constituída por judeus de extrema-esquerda.

"A função do erev rav é reunir Esaú e Ismael", acrescentou. "Hoje, eles são as pessoas que se opõem à conexão de Israel com Jerusalém. A extrema-esquerda deveria opor-se aos valores islâmicos, mas eles estão a aliar-se com o Islão e a reunir Oriente e Ocidente".

"O Gaon de Vilna disse que, no fim dos dias, haverá um grande número de judeus que aceitarão a causa de Esaú e Ismael às portas de Jerusalém".

O Papa Francisco pode realmente ver uma agenda global islâmica como digna de apoio.
O Papa na segunda-feira presenteou Erdogan com um "anjo da paz" num medalhão de bronze, que é visto abraçando os hemisférios do norte e do sul enquanto derrota um dragão.


O Papa recebe o mega-terrorista Mammoud Abbas no Vaticano com honras de Estado. O que diria o Mundo se o Papa recebesse o bin Laden?


"Este é o anjo da paz que estrangula o demónio da guerra", disse o Papa a Erdogan enquanto lhe dava o medalhão. "É um símbolo de um mundo baseado na paz e na justiça".

O Papa Francisco presenteou o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, com um medalhão similar no Vaticano em Maio de 2015. Nessa ocasião, o Papa disse que o "anjo da paz" estava a "destruir o malvado espírito de guerra" e elogiou Abbas por ser um "anjo da paz".

................................................

 LEI ISLÂMICA EM AÇÃO




16 comentários:

  1. Enquanto alguns acusam o papa de ser o anticristo outros dizem que ele será um judeu. Mas de uma coisa sabemos é que ele não será nenhum dos dois mas sim muçulmano e as escrituras demonstram isso, vou pegar uns escritos de um amigo meu:
    ''No fim do reinado deles, quando estiver cheia a medida dos infiéis [ao Evangelho], um rei surgirá, cheio de crueldade e fingimento. Seu poder aumentará, nunca porém por si mesmo(...).'' - Daniel 8:23-24
    O Anticristo virá quando os pecados da humanidade atingirem o limite da paciência de Deus, pois o Anticristo será um castigo da parte do Senhor tanto para os que serão seduzidos por ele, por terem rejeitado o amor a verdade que os teria podido salvar(2Tess 2:10), quanto para as nações que ele irá destruir(tipo a Holanda, precursora de toda a depravação moral que corrompeu o Ocidente) . Semelhante Babilônia que foi o juízo de Deus sobre Jerusalém.
    O que acontecerá no fim da era dos reinos herdeiros do Império de Alexandre, entre os quais temos hoje a Turquia e o Egito. E o poder do Anticristo aumentará graça a eficácia de Satanás(Apoc 13:2).
    Mas não é só isso. A vinda do Anticristo foi decretado também para Deus mostrar sua ira e seu poder quando Jesus esmagar o Anticristo e os exércitos dele nas montanhas de Israel, e assim as nações reconheçam o poder e a glória de Deus(Ez 38:23).
    #ApDollynho

    ResponderEliminar
  2. Legalidade do aborto no mundo.
    Azul é onde o aborto é irrestrito. Na Europa so se salvam Irlanda e Polônia(❤).
    Por essas e outras o Ocidente merece ser castigado, e Deus vai(já está) permitindo a ascenção do islamismo na Europa.

    A crença no redentor islâmico, alcunhado de Al-Mahdi(O Guia), é mais significativa aos muçulmanos xiitas, apesar de eu ter lido muito sobre ele em sites muçulmanos sunitas.
    Para os xiitas o Al-Mahdi será o 12º califa, descendente direto de Fátima Azara, a filha de Maomé, que foi casada com o 1º califa dessa lista, Ali ibn Abi Talib.
    Também para os xiitas o Mahdi já está no mundo, só que na ocultação. Paulo em II Ts 2:7 diz que o mistério da iniquidade já opera, apenas esperando seu tempo de manifestar-se. Perceba os antiparalelos entre as profecias islâmicas e as profecias bíblicas.
    #ApDollynho

    ResponderEliminar
  3. https://www.facebook.com/photo.php?fbid=248936835616653&set=gm.1512465218809601&type=3&ifg=1
    Marco Prado Peter Shelton Alves Veja.
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 28 sem

    Eliakim Zacarias Eu sempre disse que o Alcorão parece realmente ter tido inspiração, incluso que eu acredito que ele realmente foi dado por um anjo. A Bíblia diz que Satanás pode se disfarçar de anjo de luz, e o islã traça um paralelo com o Apocalipse como se contasse a história pela visão do próprio Anticristo!

    1
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 28 sem

    Marco Prado Sim, mas o Mahdi não é citado de forma explícita no Corão propriamente dito. O que o islã no caso sabe acerca dele provém de outros escritos de Maomé, bem como da tradição islâmica em si.

    1
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 28 sem

    Rogerio Barbosa Ferraz Junior bom ainda Maomé não teria escrito aquilo se o alcorão não tivesse sido revelado a ele por um ''anjo'' então podemos dizer que Satanás esteve agindo em ambos os casos
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 15 sem


    Escreva uma resposta...





    Dimitri Oliveira Só doze gerações?

    1
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 28 sem

    Marco Prado Estes são os califas traçados segundo a tradição xiita. Na verdade existiram outros mais para os sunitas.

    1
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 28 sem · Editado

    Dimitri Oliveira Mas esse novo califado seria o Irã?

    1
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 28 sem · Editado

    Marco Prado Em teoria este Califado deveria abranger todos os países de fé islâmica. A treta entre os sunitas e xiitas é quanto a quem teria o direito a sucessão de Maomé. Para os sunitas qualquer muçulmano pode ser sucessor de Maomé, desde que eleito para isso. Para os xiitas somente os descendentes do genro de Maomé, o Ali ibn, podem governar o Califado.

    1
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 28 sem

    Dimitri Oliveira Mas então não existe esse califado?
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 28 sem

    Marco Prado Hoje não mais. O último Califado islâmico na Terra foi o Império Turco-Otomano, que caiu em 1922 após a derrota na Primeira Guerra Mundial.

    1
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 28 sem

    Marco Prado O Al-Mahdi seria aquele que fará renascer o Califado islâmico.

    1
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 28 sem

    Dimitri Oliveira Com o mundo islâmico dividido do jeito que é hoje, isso seria impossível.

    1
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 28 sem

    Eliakim Zacarias Como uma besta com uma ferida mortal que foi curada? ^^'

    1
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 28 sem

    Marco Prado Dimitri Oliveira Já fiz um post a respeito. Em Daniel 2 os pés da estátua de ferro e barro, que originam os 10 dedos(reis) sobre os quais o Anticristo reinará simbolizam divisão. E em Daniel 7 e Daniel 11 o Anticristo tem que batalhar, fazer guerra, para estabelecer seu reino. A divisão do mundo islâmico e a dificuldade que o Al-Mahdi teria só confirma as profecias bíblicas.

    2
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 28 sem

    Rogerio Barbosa Ferraz Junior por isso que devemos sempre ficar atentos as noticias envolvendo o mundo muçulmano.
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 15 sem


    Escreva uma resposta...





    Edmilson Ricardo Nesse assunto, acredito que o livro de Daniel 7 e Apocalipse 13 fala propriamente do Anticristo e o falso profeta. Acredito que não venha do Islã e Sim de Roma (Papal). Muitos reformados inclusive o físico Isaac Newton fizeram essa comparação dos livros de Daniel 7 e Apocalipse 13 com o Papado.
    Gerenciar

    ResponderEliminar
  4. Edmilson Ricardo Ambas escatologias são semelhantes, porém devemos olhar para o fatos históricos.
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 28 sem

    Marco Prado Sim, vamos olhar para os fatos históricos. Roma foi dividida em 2: Ocidental e Oriental. A Ocidental caiu em 476 DC. A Oriental caiu em 1453 DC para os turcos muçulmanos.

    O trono de Satanás está em Pérgamo segundo Jesus. Trono este que fica na atual Turquia, a antiga Roma Oriental.

    A visão de Daniel 8 é uma continuação da visão de Daniel 7. E em Daniel 8 o Anticristo sai de 1 dos reinos resultantes da divisão do Impèrio de Alexandre, que fica na Roma Oriental.
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 28 sem · Editado

    Rogerio Barbosa Ferraz Junior a ocidental caiu, ou melhor acabou se dividindo mas permaneceu cristã já que os bárbaros se converteram, agora a oriental depois que caiu se converteu ao islamismo, e hoje a ocidental também está sendo islamizada.
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 15 sem


    Escreva uma resposta...






    Edmilson Ricardo O Significa pra vc o chifre pequeno de Daniel? E o que significa os demais chifres do capitulo 7?
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 28 sem

    Marco Prado O chifre pequeno de Daniel 7 é o Anticristo. Os 10 chifres que se levantam da besta terrível são 10 reinos que formarão o governo, ao menos primário, do Anticristo. Esses 10 chifres estão em em paralelo com os 10 dedos da estátua de Daniel 2, e os 10 chifres da besta de Apocalipse 17. Tais reinos não estão totalmente formados ainda, pois o barro e ferro estão misturando, afim de formarem os 10 dedos da estátua, como eu já falei. E a própria estátua de Daniel 2 é a imagem do Anticristo.
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 28 sem

    Rogerio Barbosa Ferraz Junior eu acho que o numero de nações islâmicas é maior do que 10 mesmo se contarmos só a do oriente médio. o que acha sobre isso ?
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 15 sem

    Escreva uma resposta...





    Edmilson Ricardo VC até agora só me disse o que o eu sei. Tente fazer comparação com as 10 tribos bárbaras (que minaram o império Romano) com os dez chifres de Daniel.
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 28 sem

    Marco Prado Já fiz. Não são elas primeiro porque no tempo da queda de Roma Ocidental aqueles 10 chifres ainda não haviam chegado. Segundo porque o barro de Daniel 2 que se mistura ao ferro não são as tribos bárbaras, mas sim os árabes. Terceiro porque você argumentaria que 3 daquelas tribos deixaram de existir, o que significaria 3 chifres sendo abatidos pelo chifre menor em Daniel 7. O que é errado, já que o chifre pequeno abatendo estes 3 chifres não é elimimando-os, mas subjulgando-os. Como esta la em Daniel as lutas entre o rei do Norte(chifre pequeno) e o rei do Sul. Tanto que lá em Apocalipse 17 os mesmos 10 chifres de Daniel 7 aparecem intactos.
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 28 sem

    Rogerio Barbosa Ferraz Junior bom na verdade as tribos barbaras se converteram ao cristianismo depois se instalarem nos territórios do império romano ocidental na europa.
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 15 sem

    Escreva uma resposta...





    Marco Prado Mano, eu já até sei sua linha escatológica. Ja a estudei e posso garantir que está errada.
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 28 sem

    Rogerio Barbosa Ferraz Junior eu li uma vez na wikipedia que eles acreditam que o Muhamad al Mahdi nasceu em 868 e está vivendo em ocultação desde 872. olhando desse jeito a teoria do Mahdi ser o anticristo ou sequer ser real pode até parecer absurda mas se analisarmos outros casos de pessoas que supostamente possuíram uma longevidade excessiva ( e não me refiro somente a bíblia mas a outros casos em varias culturas) até pode fazer sentido
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 15 sem

    ResponderEliminar
  5. Marco Prado
    24 de setembro de 2017
    Em Apocalipse 13 temos 2 bestas(ou feras). A que sobe do mar e tem 7 cabeças é o Anticristo. Ele não irá se passar por Jesus. Ele se colocará acima do nome de Jesus. Daniel 11 inclusive diz que o Anticristo se colocará acima de qualquer divindade, como os deuses do hinduísmo por exemplo.
    A besta que sobe da terra, e que leva o mundo adorar o Anticristo, é o falso profeta. Esse irá ser uma imitação de Jesus. Digo porque na visão de João essa besta tem 2 chifres semelhantes aos de um cordeiro, mas fala como um dragão.. Tá em Apoc. 5 que Jesus é o Cordeiro. Ou seja, um falso Jesus levará o mundo a adorar o Anticristo.
    A escatologia islâmica diz que no fim dos tempos Isa(que seria Jesus) vai descer dos céus quando o Al-Mahdi surgir, e que Isa vai levar o mundo a seguir o Al-Mahdi, incluindo os cristãos.
    Ainda segundo o islã tanto o Al-Mahdi quanto o Isa vão combater a versão do islâmica do anticristo, que é o Jesus que pregamos. Porque para o islã Jesus até foi o Messias, mas não é Deus e não morreu nem ressuscitou. Ascendeu aos céus direto. Para eles nós somos os blasfemos, e devemos ser combatidos.
    #ApDollynho


    4 comentários

    9
    Você, Rogerio Barbosa Ferraz Junior, Anderson Souza Andrade e outras 6 pessoas
    Curtir
    Comentar
    Comentários

    Guilherme de Sousa Há uma grande chance se analisarmos a crença islamica do anti cristo ser o Mahdi, pois eles crêem em um Jesus diferente, e que o Mahdi será o "verdadeiro" messias. Só que fala da segunda besta sempre se reportar a imagem da primeira, isso me dá a sensação de que a primeira besta foi Maomé, e que a segunda sempre falará citando o que ele disse nas escrituras islâmicas. Eu como pré tribulacionista creio que o fato deles descreverem Islã (Jesus) vindo dos céus quando o Mahdi aparecer só reforça a teoria do arrebatamento, pois Satanás irá usar isso a favor do islã para convencer o mundo da veracidade dessa religião.
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 20 sem

    Marco Prado Mano, o arrebatamento é bíblico e eu creio. Só que ele é pós-tribulacional. De maneira nenhuma precederemos os que dormem. Acontece a ressurreição dos justos no último dia, e então são arrebatados juntamente com os que estiverem vivos. Os pré-tribulacionismo cria 2 ressurreições de justos, quando a Escritura mostra apenas uma.
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 20 sem

    Rafael Ramos vc acredita no islã ?
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 20 sem

    Marco Prado Eu acho que não é apenas coincidência a escatologia deles ser um antiparalelo da nossa.
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 20 sem

    Rafael Ramos eu acho q como o muhammad tinha um conhecimento sobre cristianismo e judismo, entao ele tenha inventado tudo pra ter poder, de maneira parecida com a qual gengis khan fazia.
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 20 sem

    Rogerio Barbosa Ferraz Junior não, é bem mais provável que a escatologia do islamismo seja um antiparalelo com a cristã justamente por que é a versão da coisa contada do ponto de vista do anticristo
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 14 sem · Editado

    Rogerio Barbosa Ferraz Junior seja*.
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 14 sem

    Rogerio Barbosa Ferraz Junior Gengis Khan e seus sucessores diretos quase acabaram com o islamismo.
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 12 sem


    Escreva uma resposta...





    Rogerio Barbosa Ferraz Junior Masih ad-Dajjal é o nome da versão islâmica do anticristo o seu nome traduzido significa o messias impostor.
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Dajjal
    Gerenciar

    Dajjal – Wikipédia, a enciclopédia livre
    pt.wikipedia.org



    1

    Curtir · Responder · 14 sem


    Escreva um comentário...

    ResponderEliminar


  6. Marco Prado
    27 de outubro de 2017
    Com base nos últimos estudos que fiz bolei a seguinte teoria a respeito do Anticristo.
    Ele governará primeiro na região da Síria e do Iraque, sendo seu poder pouca coisa. Quando ele receber o trono do Dragão tomará o poder na Turquia, e crescerá de forma extraordinária: Invadirá o Egito, Israel e a Arábia Saudita. Em Israel ele não poderá alcançar todos os judeus, pois Deus preservará a estes de forma milagrosa até outra data.
    O Irã vai se aliar de bom grado ao Anticristo, e creio que tem a ver pelo fato de o Irã ser muçulmano xiita. E quando o Oriente Médio estiver debaixo de seu poder o Anticristo estará livre para invadir a Europa por exemplo.
    É preliminar, digamos assim, essa teoria porque vou revisar os estudos que fiz de Daniel e Zacarias principalmente.


    3 comentários

    5
    Você, Rogerio Barbosa Ferraz Junior, Anderson Souza Andrade e outras 2 pessoas
    Curtir
    Comentar
    Comentários

    Anderson Souza Andrade #APdollynho

    1
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 15 sem

    Rogerio Barbosa Ferraz Junior é, faltou ele marcar o post com isso
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 15 sem

    Rogerio Barbosa Ferraz Junior na verdade ele tem se esquecido disso varias vezes.
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 14 sem

    Escreva uma resposta...





    Rogerio Barbosa Ferraz Junior o anticristo não iria fingir ser amigável com Israel e os judeus fazendo acordos e depois os quebrando ?
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 15 sem · Editado

    Marco Prado O que não falei não anula a possibilidade de tudo isto acontecer.
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 15 sem

    Rogerio Barbosa Ferraz Junior é que você disse que israel seria invadido pelo anticristo
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 15 sem · Editado

    Marco Prado O Anticristo pode invadir Israel após violar algum acordo.
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 15 sem

    Rogerio Barbosa Ferraz Junior entendi, ou então Israel pode se entregar ao anticristo sem resistência se prostituindo com o mundo islâmico e assinando acordos de paz, que mais tarde serão violados pelo anticristo que passará a perseguir os judeus
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 15 sem

    Escreva uma resposta...





    Escreva um comentário...

    ResponderEliminar


  7. Marco Prado
    30 de julho de 2017
    Os traços híbridos da besta que sobe do mar em Apocalipse 13 sintetizam os animais de Daniel 7. Semelhança de um leopardo [Grécia], pés de urso [Pérsia] e fauces de leão [Babilônia].
    A Babilônia evoca o orgulho saguinário - Assim como o rei Nabucodonor o Anticristo, por puro orgulho, mandará matar muita gente que não estará esperando por isso.
    A Pérsia evoca a ferocidade aparentemente suave - A Pérsia foi amiga da nação de Israel, permitindo que os judeus retornassem a Judeia e financiando a reconstrução do Segundo Templo, mas em Ezequiel 38 a Pérsia se junta a Gog para invadir Israel. O Anticristo no começo parecerá um bom homem, fazendo alianças, para em seguida quebrá-las.
    A Grécia evoca a força bruta - Alexandre o Grande a frente dos gregos não perdeu nenhuma batalha. O Anticristo, quando se revelar como o tal, também não poderá ser detido. Ele fará tudo o que desejar, até que Jesus volte para destruí-lo.
    #ApDollynho


    6 comentários


    10
    Você, Rogerio Barbosa Ferraz Junior, Anderson Souza Andrade e outras 7 pessoas
    Curtir
    Comentar
    Comentários

    Marco Prado Dalila Miranda Pensei que este assunto poderia lhe interessar.

    1
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 28 sem · Editado


    Escreva uma resposta...






    Bruno Silva Anjos Ótima explicação

    1
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 28 sem

    Andréia Oliveira

    Gerenciar

    Curtir · Responder · 28 sem

    Andréia Oliveira Apocalipse da medo mas é lindo
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 28 sem

    Andréia Oliveira Pra mim esses animais já existiram mesmo. Além da imaginação...
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 28 sem

    Rogerio Barbosa Ferraz Junior o Iraque (babilônia) e o Irã (Pérsia) são atualmente nações islâmicas mas a Grécia atualmente é de maioria cristã embora exista mesquitas operando de forma ilegal lá.

    1
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 15 sem

    Alan Alison Mas a maior parte do Império grego se localizava no oriente médio e norte da África, onde hoje são territórios muçulmanos
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 15 sem

    Rogerio Barbosa Ferraz Junior entendi, então eram os impérios babilônico, Persa (aquemenida) e Grego que estavam sendo mencionados e não as nações propriamente ditas em si. ah e a Grécia já ficou um tempo sob o julgo do império otomano que era muçulmano
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 15 sem

    Escreva uma resposta...




    ResponderEliminar


  8. Marco Prado
    30 de setembro de 2017
    Em Apoc 19:3 as vestes de Jesus estão vermelhas de sangue, lá quando Ele vem sobre as nuvens do Céu para ferir as nações pagãs. Este sangue em suas vestes não é o dele, é o de seus inimigos. Basta cruzar Ap 19 com Isaías 63.
    O profeta vê Jesus vindo da terra de Edom, e nota que suas vestes estão vermelhas, e pergunta a Ele o motivo. O Senhor então responde(v. 3):
    ''Eu pisei sozinho o lagar, e ninguém dentre os povos me auxiliou. Então eu os calquei com cólera, esmaguei-os com fúria; o sangue deles espirrou sobre meu vestuário, manchei todas as minhas roupas.''
    Em Ap 19 as vestes de Jesus estão manchadas de sangue antes de Ele ferir os exércitos do Anticristo porque a visão está invertida. E Edom em Is 63 está apontando para as nações islâmicas, porque o Anticristo as congregará afim de invadir Israel.
    Irmãos, Jesus irá literalmente batalhar contra as nações que subirem contra Jerusalém. O Senhor irá destroçá-los, rugindo como leão, e revelando ao mundo o que é de fato a ira de Deus.
    #ApDollynho


    4 comentários

    16
    Você, Rogerio Barbosa Ferraz Junior, Anderson Souza Andrade e outras 13 pessoas
    Curtir
    Comentar
    Comentários

    Rodrigo Henriques Com que tipo de poder ele virá ? Um limitado ? Porque ele tem forças para destruir todos com uma palavra

    1
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 19 sem

    Marco Prado Com uma espada. Bem na verdade ele irá limitar sua fúria afim de não destruir 100% das nações que tiverem invadido Israel, pois Zacarias principalmente diz que vão ter sobreviventes das nações que Jesus tiver combatido.

    1
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 19 sem · Editado

    Rodrigo Henriques Ah sim
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 19 sem

    Rogerio Barbosa Ferraz Junior e os sobreviventes dessas nações irão servir a igreja, mas não dá pra saber se haverá alguma chance de salvação a eles ou não,como você disse.
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 14 sem

    Escreva uma resposta...





    Ilce Figueira
    Administrador do grupo
    Vale a pena lembrar que a maioria dos "israelenses" de hoje ficarão do lado da besta.
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 19 sem

    Rogerio Barbosa Ferraz Junior israel no começo irá se prostituir com o mundo islâmico
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 14 sem

    Escreva uma resposta...





    Marllon Menezes muito bom, continue postando.
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 19 sem

    ResponderEliminar
  9. No AT alguns homens foram figuras de Cristo, enquanto que outros foram figuras do Anticristo:
    ⚬ Nimrod - Fundador de Babilônia, edificou a torre de Babel afim de congregar os povos da terra para si. Com isso ele afrontou a Deus, pois o Senhor havia ordenado que os homens se multiplicassem e povoassem o mundo inteiro. O Anticristo congregará ao menos 10 nações para si.
    ⚬ Faraó - Escravizou o povo hebreu no Egito, derramando sua ira sobre ele até que veio a ira de Deus na forma das 10 pragas. O Anticristo perseguirá a igreja, derramando sua ira sobre ela até que virá a ira de Deus na forma das 7 taças.
    ⚬ Senaqueribe - Rei assírio que invadiu Judá e cercou Jerusalém com um numerosos exército. Ele se pos diante de Jerusalém e disse que Deus não poderia salvar a cidade de suas mãos. O Anticristo proferirá palavras arrogantes contra Deus.
    ⚬ Nabucodonosor - Rei babilônico que se inflou de orgulho e mandou que construísse uma imagem, para que todo o que não adorasse tal imagem fosse morto. O Anticristo terá uma imagem, e ordenará a todos sob seu domínio que se prostrem diante de tal imagem. Quem se recusar será morto.
    ⚬ Antíoco Epífanes - Esse é mencionado no livro dos Macabeus, presente na Bíblia católica. 8º rei da dinastia selêucida, invadiu e conquistou Jerusalém em 167 a.C. e profanou o templo. Emitiu ainda um decreto ordenando que todos os povos de seu reino abandonassem seus costumes, e aceitassem a cultura helenística. Com isso passou a perseguir e a matar os judeus que se mantinham fiéis a Lei.
    É basicamente o que o Anticristo fará, com a diferença de que será na realidade dos nossos dias.
    #ApDollynho


    4 comentários

    11
    Você, Rogerio Barbosa Ferraz Junior, Anderson Souza Andrade e outras 8 pessoas
    Curtir
    Comentar
    Comentários

    Lucas Gonçalves E o mohamed q ilustra a foto seria o islã e sua falsa religião com o desejo do califado mundial.

    1
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 23 sem

    Rogerio Barbosa Ferraz Junior seria legal se você fizesse um texto explicando quais eram figuras de Cristo já que você falou quais eram a do Anticristo

    1
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 17 sem

    Marco Prado Ta aí uma boa sugestão kkk
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 16 sem

    Rogerio Barbosa Ferraz Junior aguardo ansioso por esse post
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 16 sem · Editado

    Escreva uma resposta...





    Antônio Carlos Kanzler Köhler Ou seja ele sera uma mistura de comunismo e islã...
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 17 sem

    Rogerio Barbosa Ferraz Junior é, bem provável que o anti cristo seja islâmico já que até por que a escatalogia deles é um anti paralelo com a nossa e a esquerda que apoia o comunismo está aliada com o islão
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 16 sem



    ResponderEliminar


  10. Marco Prado
    9 de novembro de 2017
    Alguns dizem que o Espírito Santo será totalmente retirado da terra durante a grande tribulação, ou que a atividade dele será reduzida. Irmãos, será o contrário
    Resumidamente, o derramar do Espírito Santo em Atos 2 foram o que as Escrituras chamam de chuvas têmporas. Assim como Deus mandava chuva aos hebreus no tempo da semeadura. Só que Deus mandava as últimas chuvas aos hebreus pouco antes da colheita. Será o derramar do Espírito Santo antes da colheita do fim do mundo, ou chuvas serôdias.
    E para que isto? Entre outras razões, para que os cristãos confundam os falsos profetas durante a grande tribulação. Os falsos profetas usarão de sinais e prodígios, enquanto os cristãos irão desmascara-los através das Escrituras. Em Daniel 11 é dito que homens inteligentes do povo cristão vão ensinar a muitos durante a tribulação. Deus vai levanta-los para previnir os mais ignorantes da queda.
    Olhem que tremendo. Deus começa Zacarias 10 mandando o povo pedir pelas últimas chuvas, e logo depois o Senhor começa a falar dos falsos profetas.
    #ApDollynho


    5 comentários



    11
    Você, Rogerio Barbosa Ferraz Junior, Anderson Souza Andrade e outras 8 pessoas
    Curtir
    Comentar
    Comentários

    Anderson Souza Andrade Inclui em nossa orações espírito de sabedoria.
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 13 sem

    Rogerio Barbosa Ferraz Junior Espero que durante a tribulação possamos salvar alguns incrédulos, eu espero que consigamos salvar o maior numero de pessoas possíveis.

    1
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 13 sem

    Rogerio Barbosa Ferraz Junior Só que depois que o anticristo aparecer no final da tribulação como fica ?
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 13 sem

    Marco Prado Eu já falei sobre isso. Vai lendo os posts e somando as coisas. Por enquanto não tô em condições de ficar respondo cada pergunta.
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 13 sem

    Rogerio Barbosa Ferraz Junior entendi, já li os seus posts mas agora com as novas informações adicionadas pretendo rele-los e juntar a informação de lá com a informação nova que você passou, só espero que esteja certa.
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 13 sem

    Escreva uma resposta...





    Rogerio Barbosa Ferraz Junior Marco Prado seu post novo não está aparecendo.
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 13 sem

    Rogerio Barbosa Ferraz Junior não estou conseguindo acessa-lo.
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 13 sem

    Rogerio Barbosa Ferraz Junior Acho que já entendi o que aconteceu.
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 13 sem


    Escreva uma resposta...





    ResponderEliminar

  11. Marco Prado
    14 de agosto de 2017
    Como saber se o milênio de Apocalipse 20:4-6 é literal? Olhando para as festas dos hebreus.
    Há controvérsias, mas eu considero 6 os principais pontos das festas(imagem). Ao lado eu pus a realidade de cada festa na Nova Aliança.
    Cristo está cumprindo o 5º ponto das festas, como sumo sacerdote a destra de Deus(Hebreus 8:1-5) intercedendo pelo povo, porque o povo continua pecando. É por isso que das 70 semanas de Daniel 9 apenas 69 se cumpriram, pois a última está esperando o tempo de Cristo terminar sua intercessão.
    Na Antiga Aliança o sumo sacerdote levita fazia a expiação pelo povo diante da Arca de Moisés, que simbolizava o trono de Deus, e quando ele saía do santuário tinha os pecados do povo expiados por 1 ano, e o levava para a festa dos tabernáculos.
    Quando Cristo sair do santuário celestial terá os pecados do povo expiados para sempre, e nos levará para o milênio. É por isso que após o toque da 7º trombeta em Apocalipse 11, que é a da volta de Jesus, aparece no Céu a Arca de Moisés.
    A Igreja está cumprindo o 4º ponto das festas, anunciando o Evangelho e dando testemunho. Na grande tribulação Satanás derramará sua ira sobre a Igreja(Apoc. 12:17), como faraó derramou sua ira sobre os hebreus no Egito. Deus então derramará sua ira sobre o reino do Anticristo(Apoc 16), assim como a derramou sobre o Egito. A Igreja será então liberta e conduzida ao milênio assim como os hebreus foram libertos e conduzidos ao deserto.
    Zacarias 14, que está no contexto da volta de Jesus, fala do milênio, e que nele restarão nações. Nações estas que eu já expliquei que estarão sendo dominadas pela Igreja.
    A festa dos tabernáculos inclusive era para lembrar os hebreus de sua peregrinação de 40 anos pelo deserto, em que habitaram em tendas.
    ''E acontecerá que, todos os que restarem de todas as nações que vieram contra Jerusalém, subirão de ano em ano para adorar o Rei, o Senhor dos Exércitos, e para celebrarem a festa dos tabernáculos.'' - Zac. 14:12
    #ApDollynho


    5 comentários


    9
    Você, Rogerio Barbosa Ferraz Junior, Anderson Souza Andrade e outras 6 pessoas
    Curtir
    Comentar
    Comentários

    Ver mais 1 comentário

    Elias Sobrinho Ou è só escatologia ?
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 26 sem

    Ocultar 11 respostas

    Marco Prado Não entendi.
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 26 sem

    Elias Sobrinho Marco Prado vc só posta coisa de Apocalipse ��( não tô criticando )
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 26 sem

    Elias Sobrinho Marco Prado aproveitar o papo , vc é prol Israel ?
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 26 sem · Editado

    Marco Prado Aah ta. Não posto só escatologia, apesar de ser o meu foco. kk. E sim, sou pró-Israel. ;)
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 26 sem

    Elias Sobrinho Marco Prado eu curto mais o velho testamento principalmente Gênesis . E eu sou contra Israel
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 26 sem

    Marco Prado shuahsua Tenso. Eu gosto do Velho Testamento, principalmente porque o Novo está edificado sobre ele. Então para entendermos Apocalipse por exemplo temos que entender os profetas.
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 26 sem

    Elias Sobrinho Marco Prado muitos já me criticaram por ser contra Israel , até me chamaram de Nazista , mas eu nao vou apoiar aquele estado fajuto que roubou a terra dos palestinos
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 26 sem

    Marco Prado A restauração do Estado de Israel é bíblica. Forçoso era afim de que o Apocalipse acontecesse. Como Paulo diz em Romanos 11, o Israel carnal ainda será salvo.
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 26 sem

    Elias Sobrinho Marco Prado não foi não kamarada
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 26 sem

    Elias Sobrinho Marco Prado a nação citada na Bíblia è uma nação ESPIRITUAL , até pq Israel negou Deus em sua criação e adotou políticas secularistas , além dos judeus serem vermes corruptos
    Gerenciar

    Curtir · Responder · 26 sem

    Marco Prado Mano, eu especifiquei que o Israel carnal haveria de ser salvo, porque está escrito. Eu teria de fazer um compilado de passagens aqui para mostrar que a restauração do Estado de Israel é bíblica.




    ResponderEliminar
  12. Rogerio Barbosa Ferraz Junior
    9 de fevereiro às 16:06
    O pré tribulacionismo doutrina surgida no século XIX simplesmente não faz sentido por inúmeros motivos.
    Pra começar: se não sofreremos nela, seremos vencedores do que ? O anticristo perseguirá quem ? Os cristãos já são perseguidos a séculos.
    Os pré tribulacionistas acham que os judeus convertidos a Cristo não fazem parte da igreja, sendo que fica claro em várias partes do Novo Testamento que não há mais diferença entre judeus e gentios e que só com Cristo podemos nos salvar. Se todos os convertidos a Cristo são parte da igreja sem nenhuma distinção, não há segunda chance para os que ficarem pra trás isso de acordo com as parábola das virgens, o anticristo fará guerra aos santos e venceremos ela então faz muito mais sentido acreditar que o arrebatamento é só no momento da volta de Cristo quando todos os justos serão revividos na primeira ressureição e a ira divina cairá sobre a terra, a tribulação é a ira do mundo e não a divina. Essa ira divina ainda não é o juízo final, a própria palavra final indica que já houveram outros e não haverá mais. O juízo final é após a prisão de mil anos de Satanás acabar quando ele reunirá o que sobrou das nações que estavam servindo a igreja para ataca-la mas serão destruídos e junto com os outros ímpios tais nações serão revividas para serem julgadas e condenadas já que não há condenação sem julgamento.
    Quanto ao Anticristo irei deixar uns textos de meu amigo e irmão na fé Marco Prado mas não sem antes acrescentar e lembra-los que o trono de Satanás que será entregue ao Anticristo está em Pérgamo na Turquia e que o rei de Nínive no Antigo Testamento é uma tipologia dele.
    "Em seu lugar, elevar-se-á um homem vil, sem nenhuma dignidade real, que surgirá repentinamente e apossar-se-á da realeza pelas suas intrigas. As tropas de invasão serão postas em fuga diante dele e aniquiladas(...)." - Daniel 11:21:22
    É neste ponto de Daniel 11 que a profecia começa a convergir para o futuro, e o "homem vil"(literalmente 'filho de Belial') descrito a partir de então é a pessoa do Anticristo.
    É que dito que ele surgirá "repentinamente". Isto é, seu nome se tornará conhecido por todos, e na mídia, da noite para o dia. E ainda que ele irá se apoderar da realeza(poder) pelas suas intrigas. Provavelmente indica que o Anticristo chegará ao poder não por meios democráticos, mas através de um golpe de Estado ou coisa parecida. (Só que excluímos presidentes norte-americanos como Obama e Trump a potenciais candidatos a Anticristos)
    A frase anterior "sem nenhuma dignidade real" confirma que o Anticristo não terá o direito legal de governar sobre a nação em que ele começar sua carreira. (Excluimos então outro potencial candidado a Anticristo, o papa Francisco. Ele tem o direito legal de governar o Vaticano porque fora eleito pela cúria romana)
    Em Ezequiel 39:3 o Anticristo, chamado lá pelo nome de Gog, é mostrado como flecheiro. Isso denota que ele não só lidera como faz parte de um exército. É um guerreiro. Então é provável também que ele irá ser um chefe militar que chegará ao poder através de um golpe igualmente militar.
    Por fim, "as tropas de invasão serão postas em fuga diante dele e aniquiladas", parecem indicar que o Anticristo colocará um exército inimigo para correr, o que fará as pessoas de sua nação aceitar seu governo golpista e autoritário, já que o verão como o salvador da pátria.

    ResponderEliminar
  13. Obs.: Estas suposições que eu fiz com base em 3 versos bíblicos. Posso a qualquer momento mudar de parecer e corrigir minhas opiniões conforme for me aprofundando num estudo bíblico.
    Estudando história para entender a palavra de Deus. (REEDITADO)
    Em 323 a.C. Alexandre o Grande morreu enfermo na Babilônia com apenas 32 anos, após ter regressado de sua campanha na Índia. Algum tempo após sua morte seu Império foi dividido entre 4 diádocos: Cassandro ficou com a região da Grécia(verde no mapa); Lisímaco ficou com uma parte da atual Turquia(laranja); Seluco ficou com a Síria, Palestina, Jordânia, Babilônia, Pérsia, etc.(amarelo); E Ptolomeu ficou com o Egito(azul).
    Assim se cumpriu o que fora predito pelo profeta Daniel: Que no auge de seu poder o grande chifre do bode, que havia destronado o carneiro, seria quebrado e no seu lugar nasceriam 4 chifres menores que cresceriam em direção aos 4 ventos do Céu(Dn 8:8).
    Todos estes 4 reinos foram absolvidos por Roma, de modo que estes 4 chifres estão entre os 10 chifres que saem da besta terrível(o Império Romano) da visão de Daniel 7. Isso é atestado pelo fato de a besta terrível ter dentes de ferro(apontando para as pernas da estátua de Daniel 2, que é Roma) e garras de bronze(que aponta para o ventre daquela estátua, que é a Grécia). Isso significa que houve uma mistura entre romanos e gregos, de modo que os reinos herdeiros do império de Alexandre permaneceram vivos dentro do Império Romano. E estes reinos permanecem vivos ainda nos dias atuais.
    Para uma maior compreensão:
    - A Grécia caiu completamente para os romanos em 146 a.C. após a Batalha de Corinto.
    - A região que fora o reino de Lisímaco caiu ante os romanos em 66 a.C. em após a Terceira Guerra Mitridática.
    - A Síria, base dos reino dos selêucidas, foi anexada por Roma em 63 a.C.
    - O Egito foi anexado por Roma após a Batalha do Áccio, em que as forças de Otaviano superaram as de Marco Antônio e Cleópatra.
    Quando tempo irá durar a grande tribulação?
    A grande tribulação(Ap 7:14) é o último estágio da história deste mundo como o conhecemos e é descrita pela Bíblia como "uma época de tal desolação como nunca houve antes, desde que as nações existem até aquele momento"(Daniel 12:1); E também como uma "tribulação tão grande como nunca foi vista, desde o começo do mundo até o presente, nem jamais será"(Mateus 24:21).
    Há um consenso no meio pré-milenista de que esta tribulação irá durar sete anos, por corresponder a última das setenta semanas de Daniel 9. Entretanto, eu tenho uma opinião diferente. E digo isso baseando-me na última semana mesmo.
    É preciso entender que o início desta última semana será marcada pelo princípio da atividade profética das duas testemunhas de Cristo mostradas em Apocalipse 11:
    "Mas incumbirei às minhas duas testemunhas, vestidas de saco, de profetizarem por mil duzentos e sessenta dias." - v. 3
    Só que Cristo já havia falado destas 2 testemunhas nos Evangelhos:
    "Este Evangelho do Reino será pregado pelo mundo inteiro para servir de testemunho a todas as nações, e então chegará o fim." - Mateus 24:14
    Em Mateus 24 é sabido que Jesus está tratando do fim dos tempos, e antes de ter anunciado o ministério destas 2 testemunhas Cristo já havia falado do princípio de dores. Ou seja, antes que o período da última semana se iniciasse no sermão Jesus já tinha falado do início da grande tribulação.

    ResponderEliminar
  14. A última semana marcará o ápice e também o período final da grande tribulação, mas o princípio de dores virá antes. E a questão que fica é: Quando virá? Minha teoria é de que o princípio de dores virá três anos antes da última semana começar, o que dará a grande tribulação um total de 10 anos. E este verso é a maior base para minha teoria:
    "Nada temas ante o que hás de sofrer. Por estes dias o demônio vai lançar alguns de vós na prisão, para pôr-vos à prova. Tereis tribulações durante dez dias. Sê fiel até a morte e te darei a coroa da vida." - Apocalipse 2:10
    Jesus disse isto a igreja de Esmirna. Existe é claro um contexto histórico ao qual o aviso de Jesus é imediatamente aplicado, mas existe também um contexto profético, que se aplica a coisas futuras. Como é o caso da promessa de Jesus a igreja de Filadélfia. Ademais, os vencedores, aqueles que receberam a coroa da vida(promessa de Jesus aos vencedores da igreja de Esmirna), são mostrados em Apocalipse 7 como tendo sobrevivido a grande tribulação. Ou seja, passarão por ela. Exatamente o que os cristãos de Esmirna deveriam suportar.
    "Respondi-lhe: Meu Senhor, tu o sabes. E ele me disse: Esses são os sobreviventes da grande tribulação; lavaram as suas vestes e as alvejaram no sangue do Cordeiro." - v. 14
    Lembrando que você não sabe quando o ladrão vai vir mas pode vê-lo entrando.

    ResponderEliminar
  15. Graça e paz, segundo as profecias, o império otomano irá ressurgir, bem como os outros impérios, estejamos atentos aos próximos episódios. Além disso, teremos a guerra de gog e magog, descrita em Ezequiel38

    ResponderEliminar

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.