quinta-feira, 5 de maio de 2016

Dia da Recordação do Holocausto 2016


Israel assinalou hoje o Yom Hashoah, o Dia da Recordação do Holocausto, em  memória dos seis milhões de judeus assassinados pela Alemanha nazi e seus colaboradores durante a Segunda Guerra Mundial. 

Tiveram lugar cerimónias em todo o país neste dia solene, e os locais de entretenimento foram fechados.

O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu participou na cerimónia principal, no Yad Vashem, o Memorial
do Holocausto de Jerusalém.

Israel observou dois minutos de paralisação para lembrar as vítimas. A sirene soou, os pedestres e os motoristas pararam.

Os nomes dos mortos foram lidos no Knesset, o Parlamento de Israel.



Hoje, quando vemos o anti-semitismo a regressar em força, com sede de vingança, na Europa e em todo o Mundo, este dia já não é apenas uma questão de respeito pela memória das vítimas. 
O Estado judeu deve permanecer forte, a fim de fornecer um refúgio seguro para os judeus de todo o Mundo. 

NUNCA MAIS! 


Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.